Notícia

Como a atitude de um morador de rua impactou um empresário

Internacional |
atitude-morador-rua

O empresário tailandês Niity Pongkriangyos, dono de uma fábrica na capital da Tailândia, Bangkok, deu um emprego e um quarto de dormir ao até então morador de rua conhecido como Woralop.

Isso porque o desabrigado teve uma atitude de nobreza, que o próprio Niity afirmou que não teria.

Woralop encontrou a carteira de Niity na rua e, mesmo sem dinheiro suficiente para se alimentar, entregou o objeto à polícia local. Na carteira, além de todos os documentos e cartões, estava a quantia equivalente a 1.875 reais. A um jornal local, Nitty afirmou:

“Se eu estivesse naquela situação, sem dinheiro, eu, provavelmente, teria ficado com a carteira. Mas ele era morador de rua, tinha apenas algumas moedas, e, ainda assim, devolveu. Isso mostra que é uma pessoa boa e honesta.”

A princípio, Nitty pensou em dar a Woralop o equivalente a 188 reais como recompensa. Logo, porém, achou mais interessante oferecer um lugar para o rapaz dormir e contratá-lo para um cargo no qual ele receberá cerca de 1,3 mil reais por mês.

O empresário justificou a sua opção por contratar Woralop afirmando que a atitude honesta do rapaz o fez ter confiança nele. Para o bispo Júlio Freitas, é exatamente dessa maneira que a confiança nasce, nas mais diversas situações.

Confiança é imprescindível

“Em que raízes se baseia a confiança? Nas raízes da honestidade, essa é a resposta”, escreveu o bispo em seu blog. “A raiz é imprescindível à planta, porque, além de fixar, ela absorve do solo os nutrientes necessários à sobrevivência do vegetal. Assim a confiança sobrevive, por meio da honestidade. Uma relação social ou pessoal baseada na confiança é forte, bem alimentada e, sem dúvidas, dessa forma, não desmorona com facilidade.”

Quem age honestamente, ainda que não receba uma recompensa imediata como Woralop, é capaz de construir relações sólidas. Ser uma pessoa que transmite credibilidade é importante em todas as interações sociais.

“Com a forte desvalorização de valores e regras sociais é difícil manter a confiança. Imagine uma sociedade baseada na confiança. Como seria? Com certeza seria uma sociedade mais honesta, em que as pessoas viveriam com mais segurança e prazer”, destaca o bispo.

A retidão é apenas uma das características fundamentais exigidas na vida profissional. Participe das Conquistas Financeiras e descubra as outras.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *