Notícia

Como ser inteligente e melhor?

Internacional, Nacional |

intellimen_europaO Projeto IntelliMen tem o objetivo de ajudar os homens a mudar a sua postura e melhorar o seu relacionamento

Criado por Renato Cardoso no início de 2013, o Projeto Intellimen tem por objetivo fazer com que os homens saiam do mundo dos três D: Deslocados, Despreparados e Desacreditados.

Num mundo em que o amor não é mais secundário e no qual o dia a dia é muito mais complicado do que nos tempos dos nossos antepassados, o manifesto do Projeto afirma: “ser homem no século 21 já é outra história. O mundo mudou. As mulheres mudaram. E muitos homens ainda estão com a cabeça lá atrás”. Este é um mundo para o Projeto IntelliMen.

No passado dia 16 de janeiro, às 18 horas, realizou-se no Templo Maior, em Lisboa, o primeiro encontro do Projeto Intellimen, e que marcou a sua entrada oficial em Portugal. O encontro foi ministrado pelo Bispo António Lobato, o iTrainer do país, responsável em dar apoio aos IntelliMen, ajudando-os a continuar a crescer e a desenvolver, e contou ainda com a presença do Bispo Júlio Freitas, responsável pelo Trabalho Evangelístico do Centro de Ajuda na Europa.

Está pronto para ser um Homem do Século 21? O foco do Projeto IntelliMen está em formar homens melhores, qualquer que seja a sua idade. O Projeto é formado por 53 desafios em todas as áreas da vida – económica, profissional, física, familiar, sentimental, espiritual. Um desafio por semana, durante um ano. O objetivo é o seu desenvolvimento pessoal com base no padrão IntelliMen (uma junção das palavras em inglês intelligent, inteligentes, e men, homens).

Como explica o manifesto são “homens ajudando homens, compartilhando o que é bom, trabalhando duro para melhorar a cada dia, e se divertindo enquanto o fazem”. Ainda segundo o texto, “qualquer homem pode participar, com a condição de ler todo o manifesto”, além de manifestar publicamente a sua decisão através das redes sociais.

intellimen_lisboaEste Projeto é para si!

Segundo o Bispo António Lobato, “os 53 desafios, não são difíceis, mas sim simples, coisas do dia a dia, mas que se forem levados a sério, os homens vão aprender muitas coisas. Ver que estavam a cometer alguns erros que podem ser corrigidos, e coisas que estavam a fazer já aparentemente bem e bem que podem ser melhoradas. Então, o desafio não é fazer os 53 desafios, porque eles são fáceis, não têm nada de especial, nada de transcendente, o desafio maior é completar os 53 desafios, um por semana, sem desistir a meio.”

O Bispo Júlio Freitas tem a certeza que, este Projeto que tem beneficiado a milhões de homens no mundo, vai beneficiar também a cada novo integrante. “E para você que não aceitou o desafio deste mês, que afirma que não precisa fazer parte do IntelliMen, ou que acha que não tem condições, saiba que a sua forma de pensar, de agir, de reagir, de decidir, de viver, não pode estar associada ao passado. Muitas coisas que funcionavam no passado não funcionam mais no presente, tem que haver uma evolução, um aprimoramento, um desenvolvimento, você tem que crescer, aprender, amadurecer. Você tem que se despojar do velho homem, de manias, costumes, tradições, que não acrescentaram nada, quer seja no sentido moral, espiritual, sentimental, familiar, ou físico, então, vamos eliminar essas coisas. O seu pior inimigo, não é o diabo, os problemas, as pessoas que lhe querem mal, o seu pior inimigo é você mesmo, o seu próprio eu. Jesus disse: ‘negue-se a si mesmo’, então, seja humilde. Deus quer ser o seu parceiro neste Projeto, este Projeto é você”, afirmou.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *