Notícia

Como vai o Trabalho do Centro de Ajuda na Rússia?

Internacional |

russia_2Perseguição, rejeição, temperaturas abaixo de zero e costumes diferentes não impedem a Obra de Deus de avançar na Rússia

Há 3 anos e meio a pregar a Palavra de Deus na Rússia, o Pastor Eder Figueiredo já enfrentou muitas coisas para realizar o sonho de servir a Deus: “Enfrentámos os obstáculos da língua, clima de muito frio, com temperaturas que chegam até -30, cultura e tradição ateia e ortodoxa”, detalha.

A ação da Universal no país começou em 1997, e hoje conta com cinco templos e cinco trabalhos especiais. Porém, as barreiras para o estabelecimento e crescimento da Obra de Deus ainda é grande, necessitando de muita oração, atitude e perseverança dos missionários que lá vivem.

“A Rússia é um país com uma população de 142 milhões de habitantes, onde 41% são ortodoxos, 38% ateus e o restante divide-se entre outras religiões. Devido a isso, as pessoas têm muito preconceito ainda para aceitar o evangélico, além disso, o povo Russo já sofreu muito devido à instabilidade política, e já passou por várias crises e guerras”, conta o Pastor Eder.

Avanço
A perseguição religiosa vista constantemente em países da África e da Ásia também se reflete na Rússia, como explica o Pastor: “O Centro de Ajuda é visto como uma seita, e, por isso, sofre com muita rejeição. As evangelizações não são fáceis, existe muita resistência por parte das pessoas por não ser a religião tradicional”.

Apesar de tantos desafios, a Fé e o desejo de mostrar o poder do Deus Vivo aos que sofrem têm prevalecido na vida de cada Pastor. Tanto que a Obra no país avança!
“O CdA na Rússia tem avançado, e o trabalho é feito como em todo o mundo. Temos reuniões diárias, várias vezes por dia, atividades com os jovens, visitamos hospitais e fazemos evangelizações nas ruas, até mesmo com temperaturas muito baixas. Não olhamos para nenhuma dificuldade”, destaca.

russia_1Inauguração de mais um CdA
Após um ano, o Centro de Ajuda ter aberto um trabalho especial (núcleo) na cidade de Vladimir, inaugurou, no dia 5 de julho, um templo com capacidade para 200 pessoas.
“Depois de muitas lutas, para mim é um grande prazer participar da abertura de mais um templo. Para a Universal não tem fronteiras da língua, cultura, clima. Essa é a recompensa do Pastor, ver pessoas que estavam com as suas vidas destruídas serem resgatadas e transformadas. Esse é mais um de muitos templos que serão abertos na Rússia e no Leste Europeu”, afirma o Pastor Eder Figueiredo, responsável pelo Trabalho Evangelístico do CdA na Rússia.

Já para o Pastor Ronaldo do Val, responsável pelo Trabalho Evangelístico do CdA em Vladimir: “a abertura deste CdA foi um passo muito importante que o Centro de Ajuda da Igreja Universal deu na Rússia, pois é um país que tem como símbolo a religião ortodoxa. Tenho a certeza que muitas pessoas serão libertas do espírito da religiosidade e se converterão a Deus”.

O espaço conta com salas de apoio, casas de banho, EBI, Força Jovem, escritórios, enfim, uma estrutura confortável para receber todos os membros e frequentadores do Centro de Ajuda.

O evento contou com a presença de mais de 120 pessoas, que puderam participar de uma Reunião de Fé. Na oportunidade, o Pastor Eder transmitiu aos presentes uma Palavra de Fé, com base na passagem bíblica de Lucas 8.
Jairo, era o chefe da sinagoga, um religioso, que se prostrou aos pés de Jesus e Lhe suplicou que curasse a sua única filha, que estava à morte. Contudo, foi surpreendido com a notícia da morte da sua filha, mas quando tudo parecia perdido, o sobrenatural aconteceu.
“Não temas, crê somente, e ela será salva” (Lc 8.50). “O sobrenatural é possível na vida daqueles que creem e se lançam aos Pés de Jesus”, afirmou o orador. E foi o que aconteceu na vida dos todos os presentes que creram.

Como foi o caso de Valeria Tiulikova, de 21 anos, estudante de Economia. “Antes de conhecer o CdA era muito doente, não dormia à noite, sofria com tonturas e dores de cabeça constantes, devido a esses problemas era muito nervosa. Fui a vários médicos, fiquei internada várias vezes, mas de nada adiantava. Quando cheguei ao Centro de Ajuda passei a participar nas Reuniões e a minha vida começou a mudar, as dores desapareceram e comecei a dormir. Hoje, estou completamente curada, não preciso mais de tratamentos médicos”, conta.

Já Ludmila, de 64 anos, afirma: “Sou russa, moro na cidade de Vladimir, e estou muito feliz pois na minha cidade abriu o Centro de Ajuda. Há quase um ano frequento o Centro de Ajuda, e nesse período a minha vida mudou muito, venci os medos e as dúvidas, sou uma nova pessoa, aprendi a usar a Fé prática e inteligente. Hoje, tenho a certeza de que Deus é comigo”.

No término do encontro, procedeu-se à Consagração do Templo com o Óleo a ser derramado sobre o Altar, confirmando, assim, a presença do Espírito Santo naquele novo espaço para transformação de vidas.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

4 comentários

Juliasouza Responder 11 Julho, 2015 às 16:48

Como Deus tem usado os teus servos.fiquei sem palavras.IDE POR POR MUNDO E PREGAI O EVANGELHO A TODA CRIATURA .A IURD TEM FEITO ISSO.
..

Sintia-Rússia Responder 16 Julho, 2015 às 5:56

Esse é o espírito do Centro de Ajuda, que não vê fronteiras, dificuldades, nem limites para levar o evangelho, e transformar vidas , de levar a salvação por todos os confins da terra. É uma grande alegria ver essa obra desenvolvendo é um grande privilégio fazer parte dessa família.

Luís - Rússia Responder 16 Julho, 2015 às 6:16

Bom dia,

Todos os dias o Centro de Ajuda tem se estabelecido na Rússia e a inauguração do CdAE em Vladimir é prova disso. Levando ao povo russo a oportunidade de conhecer a verdade libertadora. Esse é o Espírito que nos faz ultrapassar as fronteiras. É um privilégio fazer parte desse trabalho.

Manuel Responder 16 Julho, 2015 às 14:22

Gracias a Dios por ese nuevo templo, la extencion continua para avarcar ese inmenso pais.