Notícia

Conheça o senhor Pauliegamie

Internacional |
homem-3-esposas

Paulie Hussle, de 32 anos, tem três esposas e é conhecido como Pauliegamie (uma mistura de seu nome com a palavra “poligamia”, em inglês) ou Senhor das Espadas

Na casa do empresário moram Vanessa, de 31 anos, sua primeira esposa e três filhos do casal. Além deles, também vivem ali Lady, de 25 anos, e Hazel, de 27 anos, que eram amantes e hoje são chamadas “segunda” e “terceira esposa”, respectivamente.

Paulie e Vanessa se conheceram em 2004 e casaram em 2006. Pouco depois, separaram-se devido às constantes brigas. Nos meses em que não estava em casa, Paulie conheceu as duas moças, com quem manteve casos extraconjugais mesmo após reatar com a esposa. Até que resolveu confessar a sua situação.

“Não fiquei muito feliz quando descobri que Paulie tinha um caso. E meu coração acabou destroçado quando descobri que havia mais uma ainda”, admite Vanessa.

Paulie, por sua vez, afirma que ama as três e, por isso, sugeriu que as duas amantes se mudassem para dentro de casa.

“Fiquei em choque, perplexa, com a proposta. Inicialmente eu fiquei revoltada, indignada. Acho que vivemos um grande amor até hoje. Eu sinto isso, mas meu marido acha que a vida pode ser ainda mais divertida com mais duas”, conta Vanessa.

Ela afirma que ficou um tempo sem conversar com Paulie, mas, aos poucos, se acostumou com a ideia. Segundo entrevista que deram ao jornal britânico Daily Mail, hoje vivem todos juntos em harmonia, pois aprenderam a se amar.

Qual tipo de amor é esse?

poligamiaO quarteto afirmou na entrevista que existem brigas, como existem em todos os relacionamentos. No entanto, esse não é um relacionamento comum. Paulie precisa dividir seu tempo entre todas e possui até mesmo uma agenda para não se esquecer de dar atenção a uma ou a outra. Por mais que ele diga que ama as três, qual tipo amor necessita de lembretes para saber em qual momento amar?

Paulie conheceu Hazel e Lady durante uma crise no casamento e elas serviram como “ponto de fuga” para ele. Ao voltar para casa, ele quis continuar com a vida divertida que levava, sem compromisso exclusivo com qualquer uma delas. De acordo com o escritor Renato Cardoso, autor do livro “Casamento Blindado”, esse é o comportamento comum de quem tem amantes.

“Não existe um padrão a respeito do pensamento masculino sobre as amantes. Mas, mesmo sendo tratadas com bastante afeto e recebendo presentes, a maioria deles as enxerga como uma válvula de escape”, afirma ele.

Além disso, ele explica que “Alguns homens acabam envolvendo-se com outras mulheres, por acreditarem que encontrarão o que falta na esposa. Já outros buscam não exatamente uma segunda mulher ou substituta, mas procuram algo diferente, relacionado à excitação, aventura sexual”.

A princípio, Vanessa não gostou da aventura que Paulie propôs. E, mesmo agora, apesar de dizer que acostumou-se, ela deixa transparecer em suas respostas que não está totalmente satisfeita, como quando afirma: “Odiava a ideia de ter que viver com mais duas mulheres. Que mulher gostaria, afinal de contas?”.

Nenhuma mulher que se valoriza, seria a resposta. Cristiane Cardoso, autora do livro “A Mulher V” explica que “Você rejeita-se toda vez que fica presa a este tipo de relacionamento autodestrutivo. É como se você não tivesse chance de ser feliz, e a única pessoa que existe num mundo para você é esse homem que não a ama”.

Como alguém pode ser feliz matrimonialmente sabendo que não é o primeiro no coração do parceiro? Sem saber se ele estará lá quando for preciso ou se estará com outro alguém? Por isso Renato afirma que “Se você vai ter olhos para alguém, que sejam para seu cônjuge. Se você vai ter uma aventura de amor, que seja com seu marido ou esposa. Fortaleça a relação de vocês. Voltem-se um para o outro”.

Para aprender a fazer isso, participe da Terapia do Amor, que acontece todas as quintas-feiras, às 20h, no Templo Maior, em Lisboa, na Rua Dr. José Espírito Santo 36, e nas seguintes moradas:

CdA do Porto – Rua Egas Moniz 485, 4050-237
CdA de Coimbra – Rua do Sota 20, 3000-392
CdA de Portimão – Largo Gil Eanes, Lote A 8500-536
CdA do Funchal – Rua Dr. Brito Câmara 33, 9000-123
CdA de Ponta Delgada – Rua da Boa Nova 5, 9500-296

Acesse também a página da Terapia do Amor no Facebook:
facebook.com/terapiadoamoreuropa

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *