Notícia

Conheça o trabalho do CdA no Zimbábue

Internacional |

zimbabueVocê sabe onde fica a Vila Malaba? O Centro de Ajuda (CdA) sabe. E tem trabalhado intensamente para ajudar os habitantes da região. Malaba Village, como é chamado, é um vilarejo situado na província Matabeleland, no país africano Zimbábue.

Por ali, a sociedade sofre com os mesmos problemas de vários outros países do continente: a miséria. De acordo com o Banco Mundial, 41% dos zimbabuenses vivem abaixo da linha da pobreza. Ou seja, sobrevivem com menos de sete reais por dia. A situação afeta a educação nacional, gera um alto índice de desemprego e, consequentemente, aumenta a violência na região.

Dessa maneira, é necessário mais do que ajuda material para melhorar o país. É preciso ajuda espiritual.

CdA zimbabuense

O Centro de Ajuda chegou ao país em 1995 e, desde então, inaugurou 19 igrejas e três centros especiais de oração. Sem a possiblidade de manter programas de TV ou rádio na região, realiza toda a atividade em favor ao próximo por meio do trabalho corpo a corpo, de porta em porta.

O pastor Moses Shitole, zimbabuense que está no CdA há nove anos, afirma: “A vida de muitas pessoas têm sido mudada para melhor, por meio do aconselhamento, do suporte espiritual, das lições e das orações”.

Além das visitas a orfanatos, lares de idosos e hospitais, o CdA preza muito pelo futuro dos jovens. Diversas atividades são realizadas frequentemente a fim de conscientizar os membros do Youth Power Group (FJE do país) e fazer com que eles ajudem sua comunidade.

“Trabalhar com os jovens tem sido uma das prioridades”, afirma o pastor Moses. Para ele, “a vida é feita de decisões e a maioria dos jovens encontra-se vulnerável e incapaz de dizer não para coisas que são prejudiciais para ela mesma e para a sociedade em geral”.

zimbabue2A vitória em Malaba

O dia 7 de outubro de 2015 ficou marcado como o dia em que o CdA mudou definitivamente a vida dos habitantes de Malaba Village. Nessa data, entregaram-se a Deus 147 pessoas por meio do batismo nas águas.

Sob a liderança do bispo Justice Colidiza, o CdA chegou ao vilarejo há dez meses e, desde então, tem atraído dezenas de pessoas às reuniões, que são realizadas em uma tenda. E o batismo foi a comprovação de que os ensinamentos têm dado resultado.

O jovem Bernard Ngwenya é um dos exemplos desse resultado. Ele conta que, antes de se entregar ao Senhor Jesus, era alcoólatra e mantinha uma vida desregrada, chegando a ter quatro namoradas ao mesmo tempo. “Eu nem sequer era capaz de me manter financeiramente, pois gastava todo o dinheiro com garotas. Eu não tinha paz em meu coração. Além disso, estava sempre com medo”, afirma ele.

Agora, o objetivo do CdA é conseguir a aprovação para construir um templo em Malaba. “Assim poderemos investir firmemente no trabalho, capacitando os habitantes da região com nossas atividades e projetos autossustentáveis, transformando pequenas ideias e habilidades em benefícios”.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *