Notícia

De Jacó para Israel

Internacional, Nacional, Notícias |

Transformação de vida do herói bíblico ensina atitude vencedora para empreendedores

Clipboard04_23

É importante ter exemplos de liderança nos quais seja possível alicerçar a conduta. A Bíblia sempre auxilia nesse sentido. Traz lições com as quais é possível aprender, com base em caminhos que já foram percorridos e podem ser seguidos.

O Livro Sagrado relata histórias que são inspiradoras para todos. Inclusive os empresários podem colocar em prática seus planos tendo a orientação de quem já viveu tantas experiências que inevitavelmente se repetem nos dias de hoje.

Na Bíblia há heróis que cometem erros em busca do sucesso, não somente porque são humanos e errar faz parte da lição, mas, sobretudo, porque conheceram a Deus e isso foi primordial para o seu êxito. São homens que foram submetidos à aprovação divina e passaram no teste.

Quem era Jacó?
Um deles, cuja história cabe ser relembrada, é Jacó. Ele era irmão gêmeo de Esaú. Os dois eram filhos de Isaque. Mesmo nascidos de um mesmo parto, possuíam várias diferenças: Esaú era grande, forte e peludo, enquanto Jacó era belo e de pele lisa. Como Esaú nascera um pouco antes de Jacó, cabia a ele o direito da bênção. Seria o principal herdeiro de Isaque.

Porém, um dia, ajudado pela mãe, Rebeca, Jacó cobriu-se com pele de cabra, para parecer peludo e apresentou-se diante de Isaque. O ancião estava cego e não percebeu que se tratava de Jacó. Deu-lhe a bênção acreditando que era Esaú. O irmão mais velho, sentindo-se ofendido, jurou Jacó de morte.

jaco-pirncipal_1De enganador a enganado
O rapaz teve que fugir de casa e ficou sem a herança do pai. Aventurando-se sozinho no mundo, Jacó teve um sonho: ele viu uma escada luminosa que ligava a Terra ao céu e anjos luminosos desciam e subiam por ela. Porém, ele só compreenderia o significado desse sonho anos mais tarde.

O jovem foi viver com seu tio Labão. Lá, apaixonou-se pela prima Raquel. Para tê-la como esposa, trabalhou como servo do tio durante 7 anos. Mas Labão o enganou. Deu-lhe em casamento a filha mais velha, Lia. Nessa época, era permitido ter mais de uma esposa e Jacó trabalhou como servo por outros 7 anos para poder casar-se com Raquel.

Aquele que lutou com Deus
Quando decidiu abandonar a casa do sogro, Jacó levou consigo suas esposas, as servas delas, um grande rebanho e todos os seus filhos. Porém, no caminho de volta, ele teve um encontro com um homem misterioso, de olhos brilhantes. Percebeu que era um anjo enviado por Deus e quis que ele o abençoasse. Finalmente compreendera o que seu sonho, na juventude, significava.

Como o anjo, a princípio, recusou-se a abençoá-lo, eles lutaram durante toda a noite. Por fim, Jacó conseguiu o que queria: o anjo lhe deu a bênção que o acompanharia pelo restante da vida e que seria transmitida por todas as gerações depois dele.

E o anjo também lhe deu um novo nome: Israel, “aquele que lutou com Deus”. No dia seguinte, Jacó reencontrou o velho irmão, Esaú, que depois de tantos anos já o tinha perdoado.

jacoeoanjo21Lições a empreendedores
A história de Jacó nos mostra a importância de querer estar perto de Deus, a ponto de lutar por Sua bênção. O herói pagou pelo seu erro. Foi enganado pelo sogro e trabalhou duro para poder conquistar o que queria.

Depois disso, ele realmente arrependeu-se do que havia feito com o irmão Esaú. Mesmo compreendendo que Deus estaria ao lado dele, teve que mostrar ao Senhor dos Exércitos que realmente queria suas bênçãos. Lutou com um anjo para provar isso.

Agora, imagine a situação de um empresário que engana um familiar ou um cliente em nome do sucesso. A justiça divina pode tardar, mas não falhará em alcançá-lo. Jacó compreendeu isso após vários anos.

Poderia ter poupado seu trabalho e, antes disso tudo, seguir conforme os preceitos de Deus. Mas ele era humano e necessitava aprender. Infelizmente, a lição foi do modo mais difícil: pela dor.

Jacó acabou abençoado. Teve a vida transformada. A representação disso foi o novo nome que recebeu: Israel. A bênção divina foi transmitida a seus filhos e, por meio deles, a nós.

Você não precisa sonhar com Deus para saber da importância dEle em sua vida. Isso já está elucidado. A pergunta que não quer calar é: Você tem lutado para ter uma nova identidade, tal como fez Jacó? Se ainda não, o que está esperando? Tome uma atitude vencedora: pense e aja!

Se você quer aprender a se valorizar e se tornar a pessoa que deve ser, visite a Universal. Há reuniões em Lisboa na Sede Internacional da Europa, Rua Dr. José Espírito Santo 36; na Sede Matriz do Porto, na Rua Egas Moniz 485 e em todos os Centros de Ajuda por todo Portugal. Encontre o mais perto de si aqui.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sem comentários

Fernanda MIranda Responder 11 Julho, 2013 às 13:40

O sacrificio quando dói na alma chama a atenção do autor da vida