Notícia

Detentos da Venezuela têm a chance de recomeçar

Internacional |

Com a certeza que todo homem pode mudar tendo fé e Deus em sua vida (“Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres”, João 8:36), em mais um trabalho pela ressocialização e para levar a libertação espiritual a detentos do país, a Universal no Presídios (UNP) Venezuela realizou um encontro com 150 presos e 15 funcionários na Sede Policial Nacional, no estado de Miranda, no vale Santa Tereza do Tuy.

A reunião, realizada pelo pastor Wilber, responsável pelo grupo UNP daquele estado, contou com um forte clamor pela Salvação dos participantes e diversas orações. Dando sequência à cerimônia, os presentes foram ungidos com azeite, representando a presença do Espírito Santo, e receberam sopa e sucos preparados pelos próprios voluntários com muito amor e carinho. Os detentos puderem ouvir o testemunho de um jovem que esteve duas vezes preso naquela unidade e hoje tem sua vida renovada, o que os motivou mais ainda a crer na libertação espiritual e física.

Em outras cidades

E o trabalho do grupo UNP na Venezuela abrange também outras cidades. Todos os domingos, voluntários levam Vida aos presos da prisão do Distrito 53, na cidade de Barcelona, em Anzoategui, acompanhados do pastor Carlos Alberto Estrada Alarcón, responsável da UNP do estado.

Nessas visitas, os detentos recebem orações de fé, muitos são curados e ficam felizes à espera de uma nova oportunidade lá fora — longe do crime. Levar motivação, além de atender cada um dos presos, é sempre um dos objetivos dos voluntários. E para tanto, em algumas das ocasiões, são entregues exemplares do livro “Nada a Perder” do Bispo Edir Macedo.

No Serviço de Custódia e Resguardo, de El Valle3, o grupo UNP Venezuela também se fez presente. Recentemente, uma tarde especial marcou a vida dos mais de cem detentos, entre homens e mulheres. Além das mensagens de fé, um almoço foi oferecido aos participantes e componentes da Força Jovem Universal (FJU) apresentaram uma peça teatral. E a reunião, como sempre, contou com o testemunho de um jovem, que esteve preso naquele presídio e hoje ajuda nos trabalhos do UNP, mostrando que tudo é possível, quando se entrega a vida a Deus.

E o trabalho do UNP não para. Cerca de 60 detentos da Estação Policial de Nova Cúa, em Miranda, além de 12 oficiais e vários familiares, ouviram a Palavra de Fé e Salvação, além do testemunho de um jovem totalmente livre, por ter ouvido, entendido e obedecido à Palavra de Deus enquanto esteve no cárcere. Um delicioso almoço, preparado com muito amor e carinho pelos voluntários do estado, foi servido. Além da palavra, os detentos receberam atendimento estético, como corte de cabelo, e serviços médicos.

Essas e outras reuniões acontecem com frequência na Venezuela, assim como em diversos países onde existem uma Universal, pois onde houver uma alma perdida e um servo de Deus Ele ali estará e os honrará (“Se alguém me serve, siga-me, e onde eu estiver, ali estará também o meu servo. E, se alguém me servir, meu Pai o honrará.”, João, 12:26)

Se quiser fazer parte do grupo de voluntários procure uma Universal mais próxima de sua casa.

Fonte: Universal.org

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *