Notícia

Drogas geram descontrole e agressões

Internacional |
JohnnyDepp

Um vídeo publicado recentemente pelo site internacional TMZ mostra o ator Johnny Depp (foto ao lado), de 53 anos, e sua ex-esposa, Amber Heard, de 30, em meio a uma discussão, que teria acontecido em maio deste ano.

Nas imagens, suspostamente feitas pela própria Amber, é possível observar Depp de óculos escuros e chapéu de cowboy, furioso e proferindo palavrões na cozinha da residência do casal.

Durante o desentendimento, fica claro que Amber tenta acalmá-lo, mas o esforço dela é em vão. Exaltado, Depp atira uma garrafa de vinho contra o armário, bate a porta e grita com a mulher, que pergunta se ele bebeu naquela manhã.

Há informações de que as brigas eram recorrentes entre os dois. Em outra discussão do casal, Depp teria arremessado garrafas de vidro contra a parede e, com uma parte quebrada de uma delas, arrancado parte do próprio dedo. Na ocasião, ele acusou a ex-mulher de traição. Amber alegou que o ator estava drogado, sob o efeito de ecstasy.

A sua parte e a parte de Deus

As consequências negativas de um vício atingem em cheio as pessoas que mais se ama. Se estava mesmo sob efeito de ecstasy, Johnny Depp é mais um a deixar claro que fama, notoriedade e dinheiro não são suficientes para garantir que uma pessoa se afaste do mau; na maioria das vezes, aliás, é bem o contrário disso, com uma entrega a uma vida de vícios.

E essa mesma fama, notoriedade e dinheiro não são suficientes para libertá-la. Só existe um caminho para isso: Deus, e é preciso buscá-Lo.

“O milagre que Deus faz na nossa vida é metade da nossa parte e metade da dEle. Nunca Deus faz cem por cento sem a nossa participação. Para que o sol e a lua parassem, Josué teve que orar. Ele determinou e Deus honrou a fé dele”, explica o bispo Edir Macedo.

O vício, seja ele qual for, é devastador, e um dependente precisa colocar a sua fé em ação para combatê-lo.

Veja este caso real no vídeo abaixo:

Foi possível para ela, é possível para você ou para quem você ama. Participe do Tratamento da Cura dos Vícios, com o Bispo Rogério Formigoni.

Nesta sexta-feira, 26 de agosto, às 20h, no Templo Maior, Rua Dr. José Espírito Santo 36, Marvila, Lisboa, como também no domingo, 28 de agosto, às 15h no Cenáculo do Porto, na Rua Egas Moniz, 485

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *