Notícia

Garçom serve comida na boca de cliente e fotografia viraliza

Internacional |
garcom-serve-comida-na-boca

Nem sempre temos sensibilidade para entender e atender a necessidade do outro.

Porém, Alex Ruiz, um garçom de 22 anos, foi sensível o suficiente ao servir o jantar a um senhor no restaurante em que trabalha, em Douglasville, na Geórgia, Estados Unidos. Ao trazer a refeição à mesa, Alex percebeu que o cliente não tinha mãos e logo se ofereceu para ajudá-lo.

Sem se importar com o movimento do restaurante, o garçom ficou por cerca de 30 minutos servindo a comida na boca do freguês.

“Ele ficou sentado até que o cliente terminasse de comer. Esperou pacientemente”, contou Crystal Figueroa, funcionária do local, à CBS News.

A cena também chamou atenção de Reginald Widener, que jantava no restaurante. Ele registrou a boa ação e, ao contar o caso na internet, a foto viralizou. “Ainda existem pessoas boas no mundo”, comentou em sua página no Facebook.

“Ele tinha um sorriso no rosto o tempo todo”, disse Reginald. “Ele não reclamou em nenhum momento e mostrou que realmente importava-se.”

Ao ser questionado por que foi gentil com o cliente, Alex respondeu que fez o que era certo. “Eu não fiz isso para chamar atenção. Do fundo do meu coração, eu realmente queria ajudá-lo”, disse Alex à CNN.

Não deixe a oportunidade passar

O jovem garçom não queria autopromover-se , na expectativa de que alguém o visse. Não. Ele só fez o que achou que deveria ser feito. Para ele, pode até ter parecido algo simples, mas para o freguês, possivelmente, foi uma grande demonstração de carinho e afeto. A oportunidade surgiu de ajudar alguém e ele não hesitou em dar o melhor de si.

Quantas vezes deixamos esse tipo de oportunidade passar? Ignoramos a chance de fazer alguém  sentir-se melhor. Somos insensíveis à necessidade alheia, mesmo com os mais próximos. Como agimos com os nossos pais, cônjuges, entes queridos, colegas de trabalho, vizinhos, etc?

O segundo Mandamento dado por Deus é amar o próximo como a nós mesmos (leia na Bíblia em Marcos 12.31). Se analisarmos bem, será que fazemos tudo pelas pessoas que estão ao nosso redor como se fosse para nós mesmos? Talvez a resposta seja negativa. Sinal de que devemos nos inspirar nos exemplos que o Senhor Jesus deixou.

“Olhemos também para os tipos de pessoas que Jesus amou até o fim. Um que O traiu e vendeu por 30 moedas. Outro que negou três vezes que O conhecia. Outro que duvidou da ressurreição dEle. Homens que, às vezes, O irritavam a ponto de Ele desabafar, dizendo: ‘Até quando aguentarei vocês?’ Apesar de tudo isso, Ele os amou até o fim. E lhes deu uma lição inesquecível desse tipo de amor, lavando-lhes os pés”, explica o bispo Renato Cardoso em seu blog.

O amor que o Senhor Jesus espera de nós é o de servir a outra pessoa, considerando-a maior que nós, mesmo que não seja.

E você, tem marcado a vida das pessoas ao seu redor com boas atitudes?

Fonte: universal.org

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *