Notícia

Mais de 100 mil jovens se mobilizam contra as drogas e a violência

Internacional |

1.690x460A cada novo dia, os jovens brasileiros se deparam com diferentes propostas e oportunidades. Muitas delas vantajosas, outras nem tanto. É importante saber refletir sobre cada uma delas e distinguir aquelas que se revelarão boas escolhas das que se transformarão em problema. Uma distinção nem sempre fácil de ser feita.

Sabendo disso, o grupo Força Jovem Universal (FJU), realizou o evento “Saiba Dizer Não” (SDN) no início de outubro. Em Natal, no Rio Grande do Norte, o encontro aconteceu na Praça Augusto Severo, no dia 11, e reuniu aproximadamente dez mil jovens.

Conforme relata o responsável pelas atividades do grupo no estado, pastor Jardel Santos, o SDN “levou a todos uma mensagem de fé e reflexão que, juntamente com todas as atrações do evento, deixou claro para toda juventude presente que ela deve ter personalidade para fazer as escolhas certas em suas vidas”.

O pastor ressalta a importância de saber se esquivar de propostas que, infelizmente, estão presentes em nossa sociedade, como drogas, suicídio, discriminação e prostituição. Para conscientizar os jovens sobre o assunto, o próprio FJU realizou diversas apresentações musicais e teatrais, além de depoimentos de jovens que optaram por seguir o caminho do bem.

Uma novidade nessa edição do evento foi a organização de stands por jovens integrantes dos projetos Esportes, Cultura, Mídia, Uniforça, Secretárias, Cidadania, Universitários, Nota 10 e Arcanjos, com o objetivo de explicar aos presentes sobre cada atividade específica de cada projeto.

10.690x460

Violência não!

Já o SDN Rio de Janeiro aconteceu no dia 4 de outubro e levou cerca de 120 mil pessoas à Quinta da Boa Vista, na capital fluminense. O evento foi temático, buscando mostrar ao jovem a importância de aprender a dizer “não” para a violência.

O Brasil tem, em média, 120 mortes de brasileiros por dia. Dentre esses, 59% são jovens. “Trata-se de um tema sobre o qual todo mundo tem se preocupado”, declarou o responsável pelo FJU do estado, pastor Adriano Lopes. “Infelizmente, os jovens são os mais atingidos pela violência, inclusive dentro de casa e, até mesmo, nas escolas. É por isso que a Força Jovem está levantando essa bandeira”.

A programação do SDN – RJ também contou com diversas apresentações preparadas pelos jovens integrantes do FJU especialmente para essa data. A mensagem transmitida foi que não é preciso usar violência, física ou verbal, para alcançar os objetivos. Pelo contrário, aqueles que agem com amor e honestidade, conforme foi ensinado pelo Senhor Jesus, são os únicos com chance de alcançar seus objetivos com paz.

O bispo Marcello Brayner, responsável do FJU no Brasil, liderou o SDN fluminense e foi enfático em sua mensagem: “Violência não é força, mas sim fraqueza. Ela nunca poderá ser criadora de coisa alguma, apenas destruidora. A verdadeira coragem consiste em andar o mais distante possível do perigo”.

Veja o vídeo do evento:

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *