Notícia

Menino de apenas 4 anos era agredido em rituais de magia negra

Internacional |

menino_magia_negraApenas 4 anos e 8 meses de idade e brutalmente agredido em rituais de magia negra.

O garoto (foto ao lado), que havia sido adotado por tios, em Campo Grande, no estado brasileiro do Mato Grosso do Sul, tinha queimaduras no rosto, um dos braços quebrados, ferimentos no abdome e região escrotal, além de vários outros hematomas. As agressões também atingiram os olhos dele, deixando-o cego de uma vista e com apenas 20% da visão em outra.

As agressões foram descobertas após uma visita de rotina feita por profissionais do abrigo em que o menino estava antes da adoção. À polícia, os tios disseram que só fizeram o que entidades espirituais pediram. A tia confessou que agredia a criança enquanto estava possuída por essas entidades, em troca de prosperidade.

Marcas feitas por charutos e aguardente quente foram encontradas em várias partes do corpo do menino, algumas cicatrizadas, prova de que as torturas já aconteciam havia algum tempo.

O garoto foi entregue aos tios em maio de 2015, depois de ter sido deixado em um abrigo pela avó paterna, que não tinha condições financeiras de cuidar dele. Os tios confessaram que adotaram o menino já com a intenção de sacrificá-lo em rituais.

Agora, o garoto será encaminhado a outro abrigo, onde poderá recomeçar a vida.

“Libertar dos demónios”

magiaNegra_KeniaJá um bebezinho de 6 meses, em Nairóbi, capital do Quênia, não teve a mesma chance. De acordo com o tablóide britânico Daily Mail, ele teve a língua e parte do intestino cortados pela própria mãe, Irene Mebithe, numa tentativa de “libertá-lo” de demônios que ela acreditava estarem possuindo o bebê.

Irene foi fotografada sentada com o corpo do bebê no colo, embrulhado em um lençol, na frente de sua casa, onde a tragédia ocorreu (foto ao lado). Em entrevista, ela parecia ainda confusa, mas disse que a sua atitude foi para “livrar a criança do mal”, e que jamais teve a intenção de machucá-la. “Que Deus me puna se eu tiver feito algo de errado com o meu filho, que tanto amo e pedi a Deus para tê-lo”, disse.

Por que os espíritos malignos manipulam a mente das pessoas?

A reação dessa mãe – que não acredita que tenha feito algo ruim ao filho – é a prova de como as entidades malignas se apossam da mente das pessoas. Esses espíritos são anjos decaídos, condenados ao sofrimento eterno, que têm apenas uma missão na Terra: roubar, matar, destruir (leia na Bíblia em João 10.10) e, principalmente, enganar as pessoas:

“Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios.”

1 Timóteo 4.1

No livro “Orixás, Caboclos e Guias: Deuses ou Demônios?”, o autor, bispo Edir Macedo, explica o modo como os espíritos cegam o entendimento das pessoas, levando-as à locura, ao desespero e à obstinação por aquilo que desejam. “Embora os demônios exijam muitas coisas dos seus seguidores, o que mais querem é a vida, o corpo, a entrega total do ser. Nada é mais precioso para eles. Fazem das pessoas aquilo que bem entendem”, destaca o bispo na publicação.

Como livrar-se do mal?

O mal não pode ser desfeito por outro mal. Somente com o Poder de Deus é possível se livrar das forças malignas. Se você reconhece que a sua vida tem sido controlada por esses espíritos e quer ajuda para se livrar deles, participe do Tratamento de Limpeza Espiritual, que acontece todas as sextas-feiras, no Centro de Ajuda.

Clique aqui para localizar a morada de um CdA mais próximo de si.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *