Notícia

Mulher tenta matar filha depois de companheiro ameaçar abandoná-las

Internacional |

ThinkstockPhotos-480071885.690x460Depois de se desentender com o companheiro, uma mulher, em um ato de desespero, colocou veneno na mamadeira de água da filha, de apenas 1 ano e 8 meses, e quase cometeu uma tragédia familiar. Isso tudo porque ele ameaçava abandoná-las.

O caso aconteceu em Eunápolis, na Bahia, no início de agosto. Ao perceber a besteira que fez, a mãe ligou para a polícia e chamou um táxi, levando a menina para o hospital. Graças a Deus o pior não aconteceu, mas a mulher foi presa em flagrante e a garotinha ficou internada, sob os cuidados do Conselho Tutelar da cidade.

Perceba que os problemas no relacionamento podem tomar proporções gigantescas, como o ocorrido nessa família.

Agir sob forte emoção, de fato, pode ser pior que o problema em si.

O escritor e palestrante Renato Cardoso compara tais “sentimentos ruins” com uma febre. Em uma postagem em seu blog pessoal, ele escreveu: “Você literalmente sente no corpo os seus efeitos, eles lhe impedem de agir normalmente, e você não vê a hora que acabem. A diferença, porém, é que você não tem muito controle sobre a febre, mas tem sobre seus sentimentos.” – leia o texto na íntegra clicando aqui.

E você, já passou por situações semelhantes, pensou em cometer loucuras ou até vivenciou momentos de desespero por causa da vida amorosa? Conte-nos a sua experiência logo abaixo, nos comentários, e diga como conseguiu superar o problema.

Caso queira participar da Terapia do Amor, uma reunião voltada à vida amorosa, que acontece todas as quintas-feiras, às 20 horas, no Templo Maior em Lisboa, você é nosso convidado.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *