Notícia

Na Suíça milhares de pessoas disseram não ao suicídio

Internacional |
Suicidio-NAO-Suica

O suicídio é uma questão social que preocupa a todos, pois ninguém é capaz de controlar alguém que pretenda tirar a sua própria vida. Porém, Deus consegue escortinar todos os corações.

Por detrás de um sorriso e uma imagem de força e capacidade para vencer todos os problemas, pode existir uma pessoa magoada, que já não tem prazer de viver e está cansada de enfrentar todos os seus problemas.

Perante esta situação, são muitos aqueles que desistem de viver, entrando em depressão, incapazes de se levantar sozinhos, ou com a ajuda de um ser humano sem qualquer direção divina. As suas palavras de ajuda deixam de fazer sentido, e o desejo de acabar com a própria vida torna-se cada vez maior.
O evento “Suicídio Não”, tem sido realizado em toda a Europa, com o intuito de levar a resposta e a solução para aqueles que já desistiram de viver, porque enquanto há vida, há esperança.

SuicidioNAO-suicaO suicídio na Suíça

“Na Suíça a lei do suicídio assistido tem levado muitas pessoas a não procurarem outra opção, quando se deparam com situações menos esperançosas e que os fazem perder a vontade de viver. Entre viver ou morrer, diante de doenças sem diagnóstico, depressões e crises de angústia, muitos têm escolhido morrer”, esclareceu um dos responsáveis pelo trabalho do Centro de Ajuda (CdA) na Suíça.

O evento foi realizado recentemente, nas cidades de Genebra, Zurique e Lugano, onde milhares de pessoas estiveram presentes dispostas a pôr o fim
à morte.

Suici-nao-suicaUma decisão sábia

As milhares de pessoas presentes, conseguiram compreender que a morte não é apenas física, mas muitas vezes espiritual e mental, pois muitos já mataram os seus sonhos, não tendo mais perspetivas de vida, e vivem por viver. Enquanto que outros, planeiam a sua própria morte de forma a acabar com o sofrimento, o que segundo os oradores, é o maior engano, pois aquele que tira a sua própria vida condena a sua alma a uma vida eterna com o mal.

Todos tiveram a oportunidade de colocar um ponto final nas ideias de desistir dos seus objetivos, projetos e sonhos e passar a lutar pelas suas vidas.
“O livre arbítrio foi dado por Deus ao ser humano com o objetivo de não deixar sentimentos, influências ou outro tipo de situações dominar a sua vida, mas como o nome indica, a possibilidade de escolher e tomar as boas decisões está nas suas mãos”, foi referido.

A escolha de uma vida nova com Deus, pode fazer com que encontre a solução e volte a ter amor e desejo de viver.

Fonte: Folha de Portugal – Edição 646

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *