Notícia

“Nenhuma empresa me contratava, então abri a minha”

Internacional |
cokie-690x460

Collette Divitto mora em Boston, nos Estados Unidos, e nos mostra o que significa acreditar no próprio potencial.

Ela é portadora de Síndrome de Down, buscava oportunidades de emprego e, apesar de esforçada, sempre recebia respostas negativas. Ouviu muitas vezes que “não se encaixava na vaga” ou “não era a pessoa certa para o trabalho”. Decidida a provar a sua capacidade, ela iniciou o próprio negócio: uma fábrica de biscoitos, a Colletey’s cookies.

“Acho que toda aquela rejeição que ela recebeu fez com que dissesse: ‘Eu vou provar para eles’”, disse Rosemary Alfredo, mãe de Collette, em entrevista à BBC. A empresa se tornou um sucesso e a jovem já tem planos de expandi-la para poder contratar pessoas com deficiência. Ela também se tornou um exemplo para outros que passam pelo mesmo problema.

“Eles poderão ver que, se eu consegui, eles também podem”, afirma.
cookies-690x460A história de Collette mostra que o ser humano é capaz de realizar qualquer proeza. Não existe limitação física ou intelectual capaz de impedi-lo de conquistar os seus sonhos. A única limitação está dentro de cada um. “Muitas pessoas se permitem ser limitadas pelo que os outros falam ou pela situação que estão vivendo. Veem uma situação, creem na limitação e criam as condições para que aquela limitação se torne realidade. Mude a sua forma de encarar os problemas e a sua vida irá mudar”, ensina o escritor Jadson Edington em seu livro “50 Tons para o Sucesso”.

E o primeiro a acreditar em nosso potencial é o próprio Deus. Com Ele como aliado, o sucesso é inevitável. “Você nunca vai encontrar Deus aceitando a limitação de ninguém. As Suas palavras para quem estava ao lado dEle sempre foram de ânimo, de força, de coragem. Palavras negativas, que colocam para baixo, não têm nada a ver com Deus”, afirma Edington.

Compareça às palestras do Congresso para o Sucesso, que acontecem às segundas-feiras, num CdA perto de si, e aprenda como se tornar invencível diante das adversidades

Fonte: Universal.org

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *