Notícia

O preço da desobediência

Internacional |

r7a.690x460A velocidade permitida na via era em média de 48 quilômetros (km) por hora, mas eles estavam a 145 km. Não tinham licença para dirigir e, se não fosse o bastante, ainda tinham consumido um coquetel de drogas. O resultado: acidente e morte.

As vítimas da própria inconsequência foram Kyle Careford, de 20 anos, e Michael Owen, de 21. O acidente, gravado com o telemóvel por Michael (foto ao lado) enquanto Kyle dirigia, aconteceu no início do mês de abril, em Sussex, na Inglaterra, mas a família decidiu divulgar somente agora as imagens, na esperança de conscientizar outros jovens sobre as consequências de atitudes irresponsáveis.

Momentos antes da colisão, Owen chegou a pedir que Kyle fosse mais devagar. Em vão. De repente tudo fica escuro e é possível ouvir uma mulher perguntando: “Você está me ouvindo? Tem alguém vivo?”

Assista ao vídeo abaixo:

O veículo saiu da pista, bateu em uma igreja e capotou várias vezes. O telemóvel com as imagens foi encontrado no dia seguinte, debaixo de uma árvore próxima.

“Nós cuidamos de nossos filhos ensinando-lhes a distinguir o certo do errado. Nós os guiamos e lhes damos os nossos conselhos e esperamos que eles ouçam. E uma vez que eles são adultos, esperamos que façam as escolhas certas”, lamentou a mãe de Owen em entrevista aos jornais locais. O lamento dessa mãe também é o de Deus.

A dor que essa mãe, e tantos outros pais sentem ao verem os seus filhos não seguirem os seus conselhos é a mesma que Deus sente desde o início da criação.

“Mas o meu povo não Me quis escutar a voz, e Israel não me atendeu. Assim, deixei-o andar na teimosia do seu coração; siga seus próprios conselhos.”

Salmos 81.11,12

Em toda a história da humanidade é possível ver um Deus amoroso, desejoso de ver o Seu povo obedecer aos Seus preceitos, mas sempre vendo os mesmos sofrerem as consequências da desobediência.

Ah! Se o Meu povo me escutasse, se Israel andasse nos meus caminhos! Eu, de pronto, he abateria o inimigo e deitaria a mão contra os seus adversários.”

Salmos 81.13,14

Para muitos, regras foram feitas para serem quebradas, e transgredi-las significa que são pessoas de atitude. Mas para Deus, pessoas de atitude são aquelas que se submetem à Sua santa disciplina. Nada em Sua Palavra é para oprimir, mas sim para abençoar. Ele não quer que soframos e, por nos conhecer, impõe limites que, quando quebrados, trazem dor para nós mesmos e para muitas pessoas ao nosso redor.

Na Bíblia, por exemplo, no livro de Deuteronômio, no capítulo 28, estão descritas as consequências da obediência e também as da desobediência aos mandamentos de Deus. E é clara a diferença quando vemos que, dos 68 versículos, 14 tratam das bênçãos que vêm da obediência e 53 das maldições resultadas da desobediência.

Seja inteligente. Por mais difícil que possa ser de início, escolha fazer o certo, seguir os mandamentos de Deus. Você verá que os frutos que irá colher são infinitamente melhores, porque são frutos que trazem vida.

Medite na Bíblia, assim você conhecerá qual a boa, agradável e perfeita vontade de Deus para a sua vida.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *