Notícia

Pai vinga-se de “violador” da filha bebé

Internacional |

pai-vinganca-indiaApós a mãe ter, suspostamente, descoberto um adolescente a violar a sua filha bebé, o progenitor decide fazer fazer justiça pelas próprias mãos

Um jovem de 17 anos foi acusado de molestar uma bebé de sete meses em 2014, na Índia, depois de a mãe da criança o ter, supostamente, apanhado a cometer o ato. Tendo sido, entretanto, detido e enviado para um centro de correção juvenil, onde aguardava julgamento.

Pouco tempo antes da sua audiência, marcada para 19 de abril, o pai da vítima, com 25 anos, afirmou que iria perdoar o adolescente e aceitou um acordo fora do tribunal. Inclusive, o mesmo ofereceu-se para levar o jovem de volta a casa na aldeia onde ambos viviam, em Kotli Ablu.

Todavia, a meio do caminho, o pai parou o veículo e atacou o jovem, amarrando-o a uma árvore antes de lhe decepar ambas as mãos com uma machada. De seguida, abandonou o local, deixando o jovem gravemente ferido.

O jovem foi levado para o hospital por aldeões que o encontraram a gritar por socorro e o seu estado foi declarado crítico.

A polícia está agora à procura do pai que fugiu e que foi acusado de tentativa de assassinato.

Vingança ou justiça?

Se estivesse na mesma situação que este pai, o que faria? Aguardaria pela decisão do tribunal? Ou faria justiça pelas próprias mãos?

O ser humano é capaz de cometer todo o tipo de atos cruéis, seja violar ou tentar matar alguém. Mas será que nós temos o direito de fazer justiça pelas nossas próprias mãos?

Reflita sobre isso e descubra a resposta na Bíblia.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *