Notícia

Pena de morte para quem tem uma Bíblia

Internacional |

Biblia-Corrente.690x460Pode parecer clichê, mas quem nunca ouviu a frase “somente escreve bem quem lê bastante”? O ato de ler um livro, as notícias de um jornal ou a matéria superinteressante de uma revista faz com que as pessoas melhorem diariamente o aprendizado, o funcionamento da memória e também aprimorem a capacidade interpretativa, além de adquirirem conhecimento sobre diversos assuntos.

Porém, muitas pessoas não possuem o hábito de ler; e quando diz respeito à leitura da Bíblia Sagrada então, muitos até relutam. As Escrituras são um livro espiritual e histórico que mostra ao seu leitor a sabedoria revelada pelo Espírito Santo. A Palavra de Deus traz lições importantíssimas de como devemos aprender e praticar o amor pelo próximo.

“Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes, o seu prazer está na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite.” 

Salmos 1.1,2

A Bíblia contém orientações e ensinamentos preciosos para que as pessoas conquistem uma vida abençoada. Ainda assim, é deixada por muitos em uma gaveta ou numa estante.

Não deixe a Palavra de Deus empoeirada

Em 2013, segundo o jornal Daily Mail, cerca de 80 norte-coreanos foram fuzilados por infringirem uma lei rigorosa no país: a de possuir exemplares da Bíblia em suas casas. As vítimas foram mortas enquanto eram acusadas de traição ao regime local.

Na Arábia Saudita, recentemente, foi aprovada a pena de morte para quem for pego com as Sagradas Escrituras ou distribuindo materiais religiosos que não sejam muçulmanos. A nova regra afirma que as publicações trazem prejuízos às crenças religiosas do Islã.

Muitos deram a própria vida por apenas ter uma Bíblia em casa, entretanto, aqueles que são livres para ler, compreender e pregar o Evangelho, acabam deixando o melhor livro acumulando poeira.

Qual valor a Bíblia tem para você?

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *