Notícia

Pessoas têm suas vidas destravadas pela fé

Internacional, Nacional, Notícias |

Batalha contra o travamento espiritual leva milhões a vencer o mal e a si mesmos

BM_3

Foi com uma oração pedindo a Deus o destravamento da vida das pessoas, que o bispo Edir Macedo iniciou a reunião realizada no templo da Universal na Avenida João Dias, em São Paulo. O Dia T contra as vidas travadas acontece neste dia 27 de outubro em vários países, e tem o objetivo de livrar as pessoas de todo o mal que as aprisionam e atrapalham o crescimento físico, profissional, financeiro, espiritual ou sentimental.

“Você tem fé, e essa fé é o poder de Deus dentro de você para lutar contra o mal que vem contra a sua vida. Quem trouxe você aqui foi o Espírito de Deus para destravar a sua vida, para mudar a sua vida”, afirmou o bispo Macedo.

Fé em alta
O bispo explicou que quando a fé está em alta, os medos, as insegurança, fraquezas e debilidades ficam em baixa. “O problema é que se você não carregar a bateria da fé – não digo religião, que não ajuda em nada, o que ajuda é o ensinamento da fé – isto é, não alimentá-la, aprendendo da Palavra de Deus, meditando nEla e fortalecendo-se, suas dúvidas crescem.”

De acordo com o bispo, todas as pessoas precisam de fé, e citou o exemplo da relação do médico com o paciente. “Como é que o médico pode tratar de um paciente se ele não estiver seguro, convicto de que pode ajudar aquela pessoa? A mesma coisa é com o paciente, que tem que confiar no médico que está lhe tratando.”

O bispo explicou ainda que a fé é algo natural que usamos todos os dias e a todo momento, independentemente de credo religioso. No entanto, o mais importante é a fé sobrenatural que devemos ter em Deus. “Se você tem a certeza de que Deus existe, é o Espírito Santo quem dá essa certeza, porque não temos como provar Sua existência. É uma certeza, uma convicção de que Ele existe.”

Pensamentos bons e ruins
Uma das coisas que alimentam a fé de uma pessoa são os pensamentos. Há os negativos e os positivos, e ela deve escolher a quem vai dar ouvidos. Isso porque, dependendo de quem vai ouvir e acatar, tomará atitudes que podem fazer a vida crescer ou estagnar. “Se você vai a uma entrevista de emprego, no caminho vem um pensamento: ‘E se disserem que tem gente melhor que eu, que há muitos concorrentes?’ Você para de andar e começa a voltar para casa. Mas enquanto você volta, vem outro pensamento: ‘Não, vai lá, tenta…’ Ou seja, vêm os pensamentos negativos e positivos, e quem vai vencer? O mais forte. Ou as dúvidas ou a fé. Quem você alimentar mais vai vencer.

Quando você alimenta a dúvida, a fé vai lá pra baixo. Mas quando você é alimentado com palavras de fé, de certeza, sua dúvida fica debaixo dos seus pés. E a fé é estimulada, carregada, quando você vem à Igreja e recebe espírito, fé.”

Fé em Deus e em você
O bispo ressaltou também que todas as pessoas têm problemas, inclusive ele e os seus colegas de trabalho e ministério, porém explicou a diferença que existe entre eles e muitos que não conseguem ultrapassar essas barreiras.

“Nós não nos sujeitamos aos problemas, porque cremos que o Deus de Abraão, Isaque e Israel é Maior do que todos os problemas que passamos, e estamos com Ele, por isso vencemos. Você pode estar no meio do deserto, mas deve acreditar. Não basta você somente crer em Deus, tem que crer nEle e em si próprio também, senão, como vai agir a sua fé, tomar atitudes de fé?”

Segundo o bispo, muitos deixam de acreditar em si devido ao complexo de inferioridade, um pensamento diabólico que corrói o interior das pessoas e não as deixa ir a lugar algum, travando suas vidas.

“Se você tem complexos, veja o que a Bíblia revela em I Coríntios 1.27-28:

‘Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios…’ Nós somos os loucos, complexados, sem cultura, mas Deus nos escolheu. ‘…E escolheu as coisas fracas do mundo…’, é o que você tem sido ‘…para envergonhar as fortes; e escolheu as coisas humildes do mundo, e as desprezadas, e aquelas que não são, para reduzir a nada as que são.’”

Água Viva
Em seguida, as pessoas beberam a água consagrada a Deus, que simboliza o Espírito Santo.

“Se alguém tem sede, venha a Mim e beba. Quem crer em Mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva.” João 7.37-38

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *