Notícia

Raptadas e forçadas a casar com raptores

Internacional |

raptadas-forcadas-a-casarNo Paquistão, cinco jovens cristãs foram raptadas, obrigadas a converter-se ao Islamismo e forçadas a casar-se com os seus raptores

No princípio de abril, a última vítima tinha 23 anos, de nome Laveeza Bibi, foi raptada no distrito de Kasur por dois jovens muçulmanos, que irromperam armados pela sua casa, ameaçando os seus pais. Um dos raptores, identificado como Muhammad Talib, forçou Bibi a casar com ele e a tornar-se muçulmana.
Sarwar Masih, pai da jovem, foi por diversas vezes à polícia, para aceitarem a denúncia do crime, mas os policiais só a aceitaram depois de serem pressionados por um advogado e um pastor.

Agressões e morte

Em janeiro passado, três jovens cristãs estavam a caminhar de regresso a casa, à noite, em Lahore, quando começaram a ser assediadas por quatro muçulmanos. Depois de as jovens terem resisitido ao assédio, os quatro muçulmanos atropelaram-nas com o carro. Duas das jovens ficaram gravemente feridas e a terceira acabou por morrer.

Perseguição

Em muitas parte do mundo, os cristãos ainda continuam a sofrer perseguições por causa da sua fé e, em casos extremos, até a pagarem com a própria vida.
Por isso, nunca tome como garantida a liberdade religiosa de que pode usufruir no país onde vive e aproveite a oportunidade que lhe é dada para divulgar mais e mais a Palavra de Deus.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *