Notícia

Templo de Salomão celebra um ano

Internacional |

KOC_2789-705x400Os 56 metros de altura do Templo de Salomão revestidos com pedras trazidas de Israel, impressionam pelo esplendor da obra – ela é quase duas vezes a altura da estátua do Cristo Redentor. A construção destoa do que está a sua volta, chamando a atenção de admiradores que transitam pelo local. Há um ano o Templo foi inaugurado e hoje celebra transformando vidas espiritualmente.

“Já viajei pelos cinco continentes e nunca vi um lugar assim”, destaca o empresário e apresentador Roberto Justus, que prestigiou o evento especial em comemoração ao aniversário do Templo. “É um marco para a nossa cidade”, completa.

O também apresentador César Filho observou a importância histórica do local e a experiência de se estar ali. “Eu confesso que quando passei pela primeira vez aqui em frente, eu estava com a minha esposa, e a gente se impressionou pela maneira como foi feito e pela história desse lugar. Independentemente da crença religiosa, é realmente algo extraordinário. É importante que as pessoas tenham acesso, que as pessoas possam vir aqui”, disse.

“Eu vim à inauguração do Templo e, agora, é importante celebrar o primeiro ano de vida. Para nós, da comunidade judaica, é um orgulho estar aqui”, também expressou Marcel Hollender, do programa “Shalom Brasil”.

A apresentadora Renata Alves contou que o Templo de Salomão proporciona uma experiência marcante. “É um lugar em que você chega e sai tranquila, em paz. É um contato direto com Deus. É algo inexplicável, só vindo aqui para saber”, enfatizou.

Outras personalidades também estiveram presentes, entre elas: o apresentador Paulo Henrique Amorim, o jornalista Percival de Souza, o apresentador Raul Gil, o apresentador Carlos Alberto de Nóbrega, que estava acompanhado da esposa Andrea Nóbrega, e as apresentadoras Ana Hickmann e Ticiane Pinheiro.

Abraão: o exemplo de fé

O encontro especial foi aberto pelo casal de autores e apresentadores Renato e Cristiane Cardoso, que explicou sobre a importância do relacionamento da pessoa com Deus. O bispo Renato usou de exemplo o personagem bíblico Abraão. Conforme relata a história, Deus pediu para Abraão entregar o único filho que tinha: Isaque. “Deus provou essa fé através de sacrifício. E essa é a fé prática. Você não terá uma fé verdadeira, se você não pagar esse preço”, destacou o bispo Renato.

“É como o amor. Você, mulher, sabe que o seu marido te ama, mas ele precisa fazer certas coisas para mostrar o amor que tem por você. A oferta apresentada é a demonstração do nosso amor por Deus”, acrescentou Cristiane.

“Deus sabe que você precisa de uma qualidade de vida”

O bispo Edir Macedo, líder e fundador da Universal, iniciou destacando que o Deus que falou com Abraão e Isaque permanece fiel àqueles que O invocam, mesmo nos dias de hoje.

“Talvez você diga assim: ‘Eu não creio em Deus. Se Ele existisse não haveria mortes, desgraças e outras coisas ruins’. Mas, por exemplo, se você tem um filho e ele, quando chegar à idade adulta, for para as drogas, o que você pode fazer? Nada. Assim é com Deus, se você voltar para Ele, então, Ele se voltará para você. Você só pode ajudar esse filho salvo se ele bater na sua porta pedindo ajuda”, explicou o bispo.

Ele também orientou que é possível ter uma segunda chance para fazer tudo diferente e melhor, ainda que a pessoa acredite que não há mais solução para os problemas. “Talvez você tenha perguntado para si: ‘Será que dá para começar de novo?’. Sim, quando você sacrifica. A fé com sacrifício faz mover a mão de Deus. Eu queria que você atentasse para a sua inteligência, porque a fé inteligente não tem a ver com ‘emoção’. O povo sofre porque ele mesmo escolheu o sofrimento. Se você se volta com toda a sua sinceridade para Deus, a sua vida jamais será a mesma. Deus sabe que você precisa de uma qualidade de vida”, afirmou.

O bispo Macedo leu a passagem registrada no livro de Salmos, capítulo 34, que diz: “Os olhos do SENHOR repousam sobre os justos, e os Seus ouvidos estão abertos ao seu clamor. O rosto do SENHOR está contra os que praticam o mal, para lhes extirpar da terra a memória. Clamam os justos, e o SENHOR os escuta e os livra de todas as suas tribulações. Perto está o SENHOR dos que têm o coração quebrantado e salva os de espírito oprimido. Muitas são as aflições do justo, mas o SENHOR de todas o livra”. E esclareceu que a pessoa que não tem comunhão com a luz, vive com medo, vive em dúvida, é infeliz; e que Deus é um Deus de Justiça. A pessoa que O invoca tem a garantia de ser ouvida, se ela também for justa. “Se eu não ando de acordo com o que o mundo nos ensina, eu sou justo. E por eu ser justo, Ele atende”.

Para o apresentador Raul Gil, a cerimônia pôde ser definida como “algo que faz bem para a alma”. “O bispo Macedo passa credibilidade, amor, fé, carinho. É um verdadeiro mestre em fazer com que a gente se apegue mais ao Senhor”, completou.

Confira abaixo a galeria de foto do evento:

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *