Notícia

Veja o que Universal de Botswana está fazendo pelos jovens

Internacional |

DSC_0048.690x460Botswana é a segunda nação mais afetada pelo vírus HIV no mundo, atrás apenas de Suazilândia. O vírus, responsável pela transmissão da aids, atinge jovens e adultos.

A Organização das Nações Unidas (ONU) chegou a divulgar que 38,8% dos adultos do país estavam infectados. O caso é tão grave que, também de acordo com a ONU, a expectativa de vida é de 40 anos de idade, uma das piores do mundo.

A dependência química é um outro grande problema em Botswana, seja de drogas lícitas ou ilícitas. E o pior é que um problema gera outro ainda pior. “Percebemos que, devido a problemas pessoais – como vícios –, problemas familiares e, acima de tudo, o alto nível de contaminação pelo vírus HIV entre os jovens, estão todos ficando deprimidos. Muitos acreditam que a única saída é o suicídio, algo que tem se tornado comum”, destaca o bispo Alaor Passos, responsável pela Universal no país.

DSC_0163.690x460Por esse motivo, o trabalho da Igreja com os jovens da região é intenso, ajudando-os e conscientizando-os do poder que têm de, por meio da fé, construir uma vida próspera e feliz.

Além de campanhas intensas contra as drogas, existem palestras semanais em escolas, aulas de reforço escolar dentro do Centro de Ajuda com professores voluntários e eventos com apresentações artísticas. E testemunhos de pessoas que foram recuperas com a ajuda da Universal não faltam.

Baboloki Semele, por exemplo, é um famoso radialista da região que, mesmo sendo considerado uma celebridade local, tornou-se dependente de cocaína, perdeu tudo o que tinha e chegou a dormir nas ruas. Foi quando tentou se suicidar.

“Na época, escrevi um bilhete para a minha família, que tenho guardado até hoje. Em um trecho eu dizia: ‘Eu não tive outra escolha a não ser tirar a minha própria vida’”, conta.

Baboloki chegou à Universal após assistir a um programa de televisão que continha o testemunho de pessoas que vencerem o vício. “Ali vi que poderia acabar com o meu sofrimento e decidi procurar ajuda. Hoje, aos 26 anos de idade e apenas 1 ano após, estou casado, livre dos vícios e com a vida transformada.”

Grandes ações em busca de grandes resultados

A história de Baboloki foi contada no maior evento já organizado pela Força Jovem Universal (FJU) no país, chamado “Back to School” (De volta à escola), que aconteceu em março último na capital, Gaborone. O evento lotou a arena esportiva Ditshupo, que tem capacidade para 10 mil pessoas.

“A ideia foi enviar os jovens de volta às aulas, mas com Deus em primeiro lugar, pois assim o futuro é certo”, explica o bispo Alaor. “Uma palestra sobre o assunto foi feita e também apresentações de teatro, danças e músicas, tudo abordando o tema e apresentado por membros do FJU.”

Durante o evento, ao explicar a mensagem transmitida aos jovens, o bispo ressaltou: “Você pode ter dinheiro, uma carreira e uma boa educação, mas isso não vai lhe dar garantia de futuro. Apenas uma comunhão com Deus pode garantir a sua felicidade e lhe dar forcas para vencer vícios, depressão e todos os seus desafios.”

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *