Notícia

Voluntários do Centro de Ajuda visitam enfermos na Albânia

Internacional |
voluntarios-albania

Perto de completar 39 anos, o Centro de Ajuda ainda vem escrevendo a história da sua existência.

Tudo começou em julho de 1977, no bairro do Méier, localizado na zona norte do Rio de Janeiro, após o Bispo Edir Macedo resolver abandonar a carreira de funcionário público para se dedicar à Obra para a qual Deus havia lhe chamado.

Em um coreto, o Bispo começou a pregar para poucas pessoas, mas logo esse número aumentou e foi preciso ampliar o espaço. Um galpão, onde antes funcionava uma funerária, foi alugado.

O crescimento foi extraordinário e hoje o Centro de Ajuda leva a Palavra de Deus a diversos países, como Letônia, Rússia, Grécia, Inglaterra, Moçambique, Japão, Argentina, México, Equador, Itália e China, entre outros.

E o avanço continua. Há menos de um ano, o CdA chegou à Albânia, um pequeno país montanhoso da península balcânica, localizado no sudeste da Europa. Apesar da maioria da população ser mulçumana, não há casos de extremismo religioso. Sendo assim, os voluntários não enfrentam dificuldades para pregar o Evangelho no local.

O pastor João Paulo Carleti e sua esposa, Sueli, realizam o trabalho evangelístico. Eles visitam enfermos em hospitais e também os mais necessitados. Além das reuniões, que acontecem três vezes por semana, o Centro de Ajuda mantém a linha de apoio “Amigo 24 Horas”, para a qual qualquer pessoa pode ligar, receber conselhos e pedir orações.

Recentemente, o casal visitou uma jovem senhora que, após sofrer um acidente, ficou paralítica. Além da oração e da palavra de fé, ela também recebeu doações de fraldas e brinquedos para seus sobrinhos.

“O trabalho ainda está no início, por isso visitamos uma família por vez. Queremos fazer o bem sem olhar a quem”, acrescentou o pastor.

O Centro de Ajuda mantém diversos projetos sociais e, por meio de seus voluntários, atua em vários setores da sociedade, com o objetivo de levar auxílio emocional, psicológico, material e, sobretudo, espiritual aos que necessitam, em asilos, orfanatos, hospitais, presídios, comunidades, entre outros locais.

Clique nos links abaixo e conheça alguns desses projetos:

Projeto Raabe (Auxílio a mulheres vítimas de violência doméstica)

Trabalho Prisional (Levando auxílio não só aos presidiários como aos seus familiares)

Mães em Oração (Ajuda e acompanha mães no desafio de criar seus filhos)

Força Jovem Europa (Reintegração dos jovens e adolescentes na sociedade)

Identificou-se com algum desses projetos? Então não perca mais tempo, procure uma Universal mais próxima e obtenha informações de como se tornar um voluntário. Não esqueça:

“… Mais bem-aventurado é dar que receber.”

Atos 20.35


Fonte: universal.org

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *