Noticia

Jejum de Daniel: você é o resultado dos seus pensamentos

shutterstock_131646083.690x460Você já parou para pensar em quanto tempo você passa com a cabeça baixa a conferir no smartphone suas redes sociais (WhatsApp, Facebook, Twitter, Instagram…)? E a passar os canais de televisão? Na internet muitas vezes algumas dezenas de páginas estão abertas ao mesmo tempo e você nem consegue ler todas. Jornais, revistas, panfletos, rádio. Tudo compete pela sua atenção da hora em que você abre os olhos quando acorda até a hora em que os fecha, ao dormir. É um bombardeio constante de informações visuais e sonoras.

Estudos já revelaram que, por exemplo, uma edição de domingo de um jornal como o The New York Times pode conter mais informações do que uma pessoa recebia ao longo de toda a vida no século 17. Mas aí você pensa: o que isso pode ter de ruim? Aparentemente nada, mas devemos sempre ter em mente que toda informação que entra pelos nossos olhos e ouvidos irá ocupar um espaço em nossa cabeça e consumir energia mental.

Agora avalie esse fluxo em questão de qualidade. Será que tudo que entra é sempre bom e útil? Claro que não. E é essa reflexão que o bispo Renato Cardoso nos leva a fazer para que fique claro o objetivo do Jejum de Daniel, que tem início neste domingo, dia 20 de setembro. “Se você entende o objetivo desse jejum, então você mesmo já saberá o que deverá e o que não deverá fazer”, explica o bispo.

Nós somos o resultado daquilo que permitimos entrar em nossa mente. É um ciclo: o que entra em sua mente (seja pelos olhos ou ouvidos) irá formar os seus pensamentos, que são a base das suas decisões e que irão motivar as suas atitudes. E toda atitude gera consequências.

jejumnÉ por essa razão que Deus sempre fala na mente do ser humano, e não no coração, como muitos erroneamente acreditam. Mas como você conseguirá ouvi-Lo se a sua mente está ocupada com tantas informações?

O Jejum de Daniel é um período de 21 dias que separamos para tirar tudo o que é desnecessário da mente, a fim de que a gente abra espaço para ouvir a voz de Deus.

E a voz dEle não virá quando de repente as nuvens se abrirem e algo como um trovão vir do céu, não. Ela virá suave, porém firme na sua mente. Uma resposta que você busca há tanto tempo, algo que Ele lhe fará lembrar… Você está disposto a ouvir a voz de Deus e pôr em prática a Sua direção?  Se estiver, o Jejum de Daniel é para si.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *