Noticia

Moradores de rua visitam Templo de Salomão

_KOC5373(1).690x460Nesta quarta-feira (25), a maior cidade do Brasil comemorou 463 anos de existência. A aniversariante é sede de grandes empresas, palco de megaeventos e considerada o centro financeiro do País.

São Paulo, formada por pessoas vindas de todos os estados e países, que chegam à cidade principalmente em busca de trabalho para poderem ganhar a vida de uma forma digna.

Mas as coisas numa grande metrópole nem sempre são como se espera. Nem todos conseguem conquistar o sucesso desejado. E o pior, alguns passam a fazer parte de uma triste estatística: a das pessoas em situação de rua.

Segundo um levantamento realizado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) em 2015, só na cidade de São Paulo havia aproximadamente 16 mil moradores de rua, um número que cresce três vezes mais que a taxa de desenvolvimento da população paulistana.

E, apesar de serem milhares as pessoas em situação de rua, elas acabam invisíveis para muita gente, mas não para os Anjos da Madrugada, grupo da Universal cujos voluntários disponibilizam parte do próprio tempo para auxíliá-las. Desde 2011, o grupo oferece apoio e resgate a essa parcela da população com doação de roupas, alimentos, cobertores e atendimento social, com orientação jurídica, profissional e de saúde. No ano passado, 12.654 ações foram realizadas por 16 mil voluntários, que prestaram atendimento a mais de 560 mil pessoas em condição precária de sobrevivência em todo o País.

MARC7942.690x460Das ruas ao Templo de Salomão

E como o trabalho de auxiliar os menos favorecidos não para, no aniversário de São Paulo os moradores de rua receberam uma surpresa especial. Os voluntários saíram pela cidade e convidaram a todos que estavam nas ruas para participar de uma reunião especial com o bispo Edir Macedo e do tour pelo Jardim Bíblico no Templo de Salomão.

Cinquenta e oito pessoas aceitaram o convite e, antes de partirem para receberem uma nova vida, muitas delas estiveram na Universal da Avenida João Dias (zona sul da capital paulista) para ganhar uma nova aparência. Tomaram banho, receberam doação de roupas e sapatos, corte de cabelo, barba e também um grande almoço, que foi preparado para todos.

Após passarem pela transformação visual, todos se dirigiram ao Templo, onde ficaram impressionados com a grandiosidade do local. Fizeram o tour pelo Jardim Bíblico e conhecerem a réplica do Tabernáculo de Moisés e da Arca da Alienaça, além de ouvir sobre a importância disso tudo na vida do povo de Deus. Todos foram presenteados com um exemplar da Bíblia Sagrada e ouviram que as Escrituras trazem a “chave” para que vençam os problemas e deem a volta por cima. Eles também foram convidados a participar, neste domingo (29), do Dia do Decreto.

Para o bispo Alessandro Paschoall, responsável pelo trabalho do grupo de Evangelização (EVG) da Universal no Brasil, ajudar essas pessoas é ressocializá-las. “Nós visamos ressocializar essas pessoas que hoje vivem nas ruas, muitas discriminalizadas, outras por falta de oportunidade, algumas por conta dos vícios. Nós temos atualmente no Brasil 16 mil voluntários que, ao menos uma vez na semana, vão às ruas e praças ajudá-las”, afirmou o bispo.

Fonte: Universal.org

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *