1ª Vigília da Desintoxicação

21786622135_fdb627fff4_zPara achar a dracma perdida você tem que acender, varrer e procurar

Diariamente, somos bombardeados por sons, imagens e palavras que ocupam a nossa mente e dedicamos minutos, horas do nosso tempo a informações desnecessárias que temos disponíveis. Mas, quanto mais envolvidos ficamos com distrações, mais a nossa relação com Deus é afetada. Isso porque Ele fala por meio de pensamentos e, se eles já estiverem muito ocupados, como conseguiremos ouvir a Sua Voz?
No dia 20 de setembro começou a 9ª edição do Jejum de Daniel – um período para permanecer 21 dias longe de toda a forma de entretenimento, com o objetivo de limpar a mente de tudo o que atrapalha a comunhão com Deus.

Na sequência desse propósito de Fé, serão realizadas 3 Vigílias de Desintoxicação. A primeira realizou-se no último dia 25, às 22 horas, no Templo Maior, em Lisboa. A reunião foi ministrada pelo Pastor Pedro Alvarenga, e centenas de pessoas estiveram presentes.

“Nós éramos um caso perdido! Talvez você não… como eu, que também era jovem e não tinha tantos problemas assim, para que desejasse acabar com a minha vida. Mas, praticamente, todos nós, quando chegámos à Igreja, estávamos numa situação desfavorável, infelizes, amargurados… e nos entregámos! Que percentagem você entregou de si mesmo para receber o Espírito Santo? Você decidiu praticar a Palavra de Deus, em que percentagem? Decidiu olhar com bons olhos e acreditar em todo o trabalho da Igreja, em que percentagem? É impossível o diabo ter a sua alma de volta, se você mantiver essa entrega a 100%”, exortou o orador.

Com base na passagem bíblica de Lucas 15.8-10, o orador explicou que o colar que o noivo dava para a sua noiva, o sinal do seu compromisso, de honra, de fidelidade, de temor, de respeito, de consideração dela para com ele, era composto por 10 dracmas, que representa a totalidade de Deus, o Espírito Santo. E a verdadeira noiva cuida do seu colar, das suas dracmas!

“Quando é que você perde a dracma? Quando deixa de ser fiel, envereda pela mentira, começa a praticar aquilo que é errado, acha-se auto-suficiente, deixa de ser humilde para ouvir, para aprender? Quando a luz se apaga! A pessoa perde o temor, os bons olhos, o primeiro amor, a humildade, quando não se envolve mais com as coisas de Deus com o mesmo entusiasmo. Então, a primeira coisa que você tem que fazer é acender, que é justamente estes 21 dias de Jejum, onde você se irá envolver mais com as coisas de Deus. Nestes 21 dias, você tem que varrer tudo o que está a apagar a sua boa consciência, a sua audácia, a sua revolta, a sua autoridade espiritual… Você tem que purificar o seu interior! Se você perdeu algo (fidelidade, humildade, temor…), deve procurar diligentemente o que lhe está a faltar, até encontrar”, orientou o Pastor Pedro Alvarenga.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *