“BASTA!!!”

28713802903_08d829bfb1_k

“VÍCIO TEM CURA!”, foi com esta afirmação, que não deixa qualquer margem para dúvidas, que o Bispo Rogério Formigoni deu início a mais uma sessão da Cura dos Vícios, o programa de reabilitação que mais tem libertado viciados no mundo inteiro

“Muitas pessoas pensam que se trata apenas do vício de drogas… mas não: VÍCIO É VÍCIO! Não importa a sua origem!”, começou por afirmar o porta-voz do movimento que tem percorrido os quatro cantos da terra em auxílio de todo aquele que tem um vício que aos poucos tem vindo a destruir a sua vida e do qual não se consegue libertar.

Em dois dias e em dois locais distintos – Lisboa e Porto, milhares tiveram a oportunidade de colocar um fim à situação de sofrimento que já os fizeram atingir o limite das suas forças! Para estas pessoas tratou-se de um ultimato, deram o “Basta!!!” ao vício, pois, para as suas vidas era o “Agora ou Nunca!”, por isso, fizeram questão de marcar presença!

LISBOA
* SEXTA-FEIRA, 26 DE AGOSTO * 20H

Da última vez que o Bispo Formigoni esteve em Lisboa, a realizar a palestra denominada “Cura dos Vícios”, com certeza que muitos dos que compareceram vinham imbuídos de muita curiosidade e algum ceticismo à mistura, todavia, não foi isso que se verificou na sexta-feira, dia 26 de agosto.

Algumas caras já eram conhecidas, mas outras estavam ali pela primeira vez. A palestra registou, como é habitual, testemunhos de pessoas que abandonaram os vícios e, por isso, as suas vidas sofreram uma transformação completa.

“Toda a ação repetitiva que provoca dano na sua vida!”… esta foi a definição de vício dada pelo Bispo Formigoni, por isso, seja drogas (lícitas ou ilícitas), álcool, tabaco, jogo… mas também comida, pornografia ou qualquer elemento que a pessoa reconheça que a tem escravizado e criado uma dependência têm vindo a destruir a vida de quem a elas está preso ou de quem está próximo do viciado. Não importa a substância, o vício é um espírito que domina a mente da pessoa e foi, precisamente, contra tudo isso que o Bp. Formigoni orou, determinado a que a vida de todos (inclusivamente dos que ali estavam representados) não mais fosse a mesma, para que todos vencessem o vício e este deixasse de ser mais forte do que eles.
Orações para a expulsão do espírito do vício, testemunhos fruto do desafio de fé, a palestra trata-se de uma abordagem franca e direta sobre o vício e na apresentação da cura, que acontece a partir do momento em que o viciado acredita, sem sombra de dúvida, na sua possibilidade.

PORTO 29047319500_4186a31a24_o
* DOMINGO, 28 DE AGOSTO * 15H

“É só hoje, depois você pára…”, esta é a voz que o Bispo Formigoni afirma que todo o viciado escuta e domingo, pelas 15h, no Cenáculo do Porto, chegou o momento de cada um gritar: “BASTA!”

O orador começou por contar a sua própria história de vida, os momentos que ele se debatou com o vício e como, eventualmente, o conseguiu superar. “Passei a ter, com Deus, uma vida nova. Hoje, 20 anos após a minha cura, tenho uma vida social, família, uma vida normal e o principal, tenho a cura definitiva, o que, para muitos, é algo inconcebível! Mas, se o vício teve cura para mim, também tem para si e para o seu familiar!”, relatou.

Mais uma vez, desta feita no Porto, o orador voltou a afirmar a curabilidade do vício, seja ele qual for! “Tudo o que você fizer aqui nesta tarde, faça com toda a sua fé, porque não só existe cura para qualquer tipo de vício, como a solução para qualquer tipo de problema!”, revelou o orador, acrescentando que embora houvesse ali pessoas com a vida destruída, a mesma seria reconstruída naquela mesma tarde.

Esta foi a única forma de colocar um ponto final no sofrimento, enfrentá-lo e dando um “Basta!!!” definitivo, colocando o Tratamento em prática. Cansados de sofrer, não foram poucos os que deram testemunho de vidas transformadas, tendo mostrado força, mais do que para vencer o vício, para serem totalmente curados.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *