Cada um à sua obra…

domingoCuidar do seu ministério, da sua fé, da sua salvação, da sua comunhão com Deus… cada um de nós tem uma obra em realização, à qual se deve dedicar e pela qual se deve esforçar por completar.

“Em tudo o que fazemos, além da revolta é necessário coragem, por isso não devemos perder tempo com coisas que não nos irão trazer benefícios…” – foi desta forma peremptória que o Bispo Júlio Freitas deu início à passada reunião de domingo, às 9h30. Em seguida, o orador alertou para que todos edificassem a sua vida na Rocha, na Pedra Angular, que é o Senhor Jesus Cristo dando, em seguida, continuidade à mensagem do Livro de Neemias, que relata a fé do período de 52 dias de Reconstrução que se está a viver neste momento em todos os Centros de Ajuda:

“E sucedeu que, ouvindo os nossos inimigos que já o sabíamos e que Deus tinha frustrado o desígnio deles, voltamos todos nós ao muro, cada um à sua obra.” (Neemias 4.15)

“Existe um peso de responsabilidade, pois todas as pessoas ao nosso redor olham tanto para si como para mim… e a sua queda, o seu fracasso, a sua acomodação ou covardia, não apenas comprometem a sua salvação, como a salvação de outros que estão a olhar para nós e que têm sempre que ver em você e em mim revolta e coragem!” – referiu o Bispo, que ressaltou a extrema importância para o cuidado com a família, a sua fé, salvação, comunhão com Deus…

No final do encontro, o Bispo Júlio deixou ainda o convite para que todos comparecessem no próximo domingo, dia 21 de setembro, data da distribuição do Óleo Consagrado no Templo de Salomão, visando a realização nas diferentes áreas da vida humana.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *