Quando o “eu” contamina a nossa fé

É uma luta constante a que é travada entre a nossa própria vontade e o cumprimento da Vontade de Deus, porém, é essencial que a segunda se efetue para que a nossa fé se mantenha sempre saudável

A fé é a ponte que “atravessamos” quando decidimos abdicar da nossa própria vontade para realizar a de Deus. Mas, para que esta “travessia” seja bem-sucedida, é importante que a ponte seja segura, com os seus alicerces bem firmados.

Existem características humanas, que escolhemos (ou não) alimentar, e que podem aniquilar uma fé que já se encontra enferma. Atitudes como a malícia ou a inveja são duas destas características. Preste atenção aos seus malefícios e saiba o que fazer contra a sua atuação.

MALÍCIA: As palavras semeiam bênção ou maldição, sobre nós mesmos e também sobre os outros. Quando criticamos, difamamos ou murmuramos, abrimos uma brecha para o mal. Então, ele apresenta planos, projetos e ideias que provocam situações favoráveis à sua atuação e, com isso, ataca a nossa própria fé.

“Nem murmureis, como alguns deles murmuraram e foram destruídos pelo exterminador” (1Co 10.10). Quem tem a sua fé saudável, faz com que as suas palavras e atitudes sempre semeiem esperança.

INVEJA: Muitas pessoas guiam os seus passos movidos por uma inveja cega e, por causa dela, cometem as maiores atrocidades, chegando até a matar.

“… onde há inveja e sentimento faccioso, aí há confusão e toda a espécie de coisas ruins”

Tiago 3:16

Se existe inveja no seu coração, com certeza que a sua fé está gravemente doente, por isso, trate de a banir, pois esta é um claro sinal de que algo não está bem espiritualmente. A inveja age como um cancro, que vai contaminando todo o interior humano, começando pelo espírito.

As atitudes erradas são combatidas a partir do momento em que começamos a tomar as certas!

Compareça, neste domingo, às 9h30, no antigo cinema Império e tome a decisão de fazer de Deus o seu maior Aliado!

Fonte: Folha Universal

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *