Disciplina em relação à mulher

IntelliMen_JUN16Na vida de um homem, uma mulher pode ajudar a construir o que ainda não existe ou pode destruir por completo o que já existia

Foi no passado sábado, dia 4 de junho, que se realizou a reunião mensal do Projeto Intellimen, no Templo Maior, em Lisboa. Na ocasião, o Bispo Carlos Rocha falou sobre o papel da mulher na vida do homem. “Para o homem não existe melhor ajuda do que uma mulher de Deus. E porque é que Deus criou a mulher para complementar e ajudar o homem? Deus não quis criar um companheiro de trabalho para Adão, mas sim uma auxiliadora, uma mulher que estaria com ele, que o compreenderia, que o corrigiria, que o faria ver os seus erros e ressaltar as suas qualidades”.

Contudo, o orador alertou todos os presentes para o facto da mulher ter poder para tirar a força de um homem! “Um homem pode até suportar ataques de outro homem, competir e até lutar com ele, mas quando o adversário é uma mulher, a sua força confunde-se. Por uma mulher, muitos cometeram loucuras, fizeram o impensável; já outros abandonaram os caminhos errados e mudaram de vida. Uma mulher pode levá-lo às estrelas ou às profundezas do abismo, dependendo de quem ela seja, não por fora, mas sim no seu interior”.

Todos os presentes foram alertados para o perigo de não procurarem, nem valorizarem o interior de uma mulher, de se deixarem seduzir, atrair por aquilo que os seus olhos veem. “O homem excelente, inteligente deixa-se seduzir pelo que existe dentro da mulher”, salientou o orador.

“Não dês às mulheres a tua força…”

Em Provérbios 31.3, o homem é alertado para não ser vencido pelas mulheres e, para isso, o homem inteligente adota a disciplina em três áreas:

No Olhar: a maioria dos erros dos homens em relação às mulheres começa pelos olhos, pois estas têm uma beleza natural e uma sensualidade no seu caminhar, falar, olhar. “A disciplina no olhar implica que você não o deixe passar para o cobiçar. Se uma mulher que não é sua esposa chamou a sua atenção, você deve imediatamente desviar o seu olhar, o que implica esforço e dedicação”, explicou o orador.

No Ouvir: o homem é naturalmente programado para ouvir a voz da mulher e buscar a sua aprovação. A mulher tem o poder de o acalmar ou de incendiar a sua ira, de o influenciar nas suas decisões, de o reduzir a nada… por isso, você deve vigiar a voz feminina, desde a da estranha até à da sua esposa. “Por exemplo, você tem uma colega de trabalho que vem ter consigo, lamentando-se do marido; aí você escuta-a, dá-lhe atenção e ela confunde tudo, deixando a sua carência sentimental ver em si o que lhe falta no marido que tem em casa”, exemplificou o orador.

No Sexo: este é um dos maiores atrativos da mulher para o homem. “A Disciplina no sexo significa que você reconhece essa realidade e pratica domínio próprio e a exclusividade. E o que é a exclusividade? É ter sexo apenas com a sua esposa. Afinal, o homem inteligente guarda e valoriza a sua vida íntima”, frisou o orador.

Amizades

“A Disciplina nas amizades com mulheres assenta numa regra básica: não existe amizade entre um homem e uma mulher, a não ser que sejam marido e mulher. Pois, a amizade entre um homem e uma mulher costuma levar a uma intimidade perigosa. Entre um homem e uma mulher deve existir cordialidade e uma interação marcada por civilidade, respeito e discrição”, concluiu o Bispo.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *