Exercite a sua confiança!

porto_cdaA nossa confiança tem um grande galardão, mas, para que você possa exercitar a sua confiança, tem que rejeitar os pensamentos negativos

Os pensamentos negativos vêm a todos nós, pensamentos maus, de derrota, pensamentos como: “nunca vais ser feliz sentimentalmente”, “nunca vais prosperar na vida”, “a sua família nunca vai ser unida”, “nunca vais ter uma saúde estabelecida, restaurada”, “nunca vais ser Batizado com o Espírito Santo”, “nunca vais ser um instrumento nas Mãos de Deus”, “nunca vais ser respeitado, amado, querido, considerado”, “não vale a pena seres honesto”, “não vale a pena perdoares a quem te ofendeu“, “não vale a pena fazeres dieta”, não vale a pena amares a quem te odeia” não vale a pena orares pelos que te criticam, odeiam”, “vais perder tudo”, “vais ficar louco”, “não vais assinar esse contrato”, “não vais fechar esse negócio”, “não vais ter trabalho”, “nunca vais ter uma vida estável”… Este foi o assunto da reunião que aconteceu na última quarta-feira, dia 22 de abril, às 20 horas, no Cenáculo do Porto, realizada pelo Bispo Júlio Freitas.

Pensamentos negativos vêm a todos, só que, quem é de Deus, quem realmente é de Deus, ou seja, quem assume a sua Fé n’Ele, é definido, sabe o que está escrito, conhece os pensamentos de Deus e não aceita ser derrotado, fracassado nos seus pensamentos. Porque, se você é fracassado na mente será, consequentemente, fracassado também na saúde, na vida sentimental, familiar, profissional, universitária, social, em todas as áreas, e, principalmente, na vida espiritual.

“Você e eu estamos numa batalha constante, desde o momento em que acordamos até ao momento em que dormimos, contra os pensamentos negativos. Pensamentos negativos vêm a todos e não podemos controlá-los, mas podemos decidir que pensamentos alimentaremos. Isso, sim, eu decido, você tem poder para decidir e exercitar essa autoridade, porque sabe quais são os pensamentos de Deus para a sua saúde, vida sentimental, conjugal, família, espiritual, económica, por isso, não aceita a doença, a maldição, a separação, a solidão, a amargura, a violência, os vícios, a depressão, o negativismo, a indefinição, a opressão, as dívidas, a miséria, e combate constantemente os pensamentos que não provêm de Deus”, ensinou o Bispo Júlio.

É importante que você verbalize quais são os pensamentos de Deus, e não aceite mais pensar, decidir, ver, falar, agir, reagir negativamente, porque, o seu corpo, como a sua mente e o seu coração, devem ser possuídos pelo Espírito de Deus e não por um espírito maligno.

“Diante dos problemas, das dificuldades, das tribulações, o que você e eu eu temos que fazer é obedecer à Palavra de Deus. E isso exige que você, na sua mente, combata o bom combate e não aceite pensamentos que não provêm de Deus”, concluiu o orador.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *