Festa da Família no Lar Universal une diferentes gerações

familiares-idosos-lar-universalCom o objetivo de estreitar os laços entre familiares e residentes do lar, foi realizada uma festa para o encontro dos entes queridos.

A ideia de que está a abandonar o seu pai ou a sua mãe num lar, quando estes atingem uma certa idade de dependência das pessoas que os rodeiam, é algo frequente, mas a verdade é que existem locais ideais para que os seus entes queridos se sintam confortáveis e bem recebidos.

O Lar Universal é um exemplo de acolhimento familiar, onde os idosos se sentem em casa, são bem recebidos e sobretudo bem cuidados nesta fase mais delicada da sua vida, que pode ser marcada não como uma fase de esquecimento, ou abandono, mas sim de descanso e reconhecimento de todo o seu trabalho, ao longo da sua vida.

No lar residem 43 idosos, que recebem cuidados a nível da sua higiene, alimentação, e têm uma mais valia que é o cuidado da saúde, pois nas instalações existe um serviço pré-hospitalar. Usufruem também de cuidados de fisioterapia e um apoio para além de físico, também emocional e espiritual.

familiares-idosos-lar-univerEncontro das famílias

A Festa da Família, realizada recentemente no Lar Universal, contou com a presença de mais de uma centena de familiares dos residentes.

“Esta grande adesão por parte dos familiares, deixou-nos muito satisfeitos, porque nunca tinham comparecido tantos”, explicou Luís Meca, responsável administrativo do trabalho no Lar Universal.

A iniciativa tinha como principais objetivos estreitar a relação familiar dos idosos com os filhos, netos e bisnetos, entre outros familiares e desfrutar de tempo de qualidade com os mesmos.

“Há familiares que vieram de muito longe, para passar essa tarde com eles, promovendo assim o carinho e a tolerância no seio familiar”, acrescentou o responsável.

A festa também permitiu que através de uma mensagem, os familiares fossem conscientizados de que a rotina que ocupa grande parte do seu tempo, faz com que estes sigam por um caminho distante daqueles que realmente são importantes.
“Há tempo para todo o propósito, mas este tempo não é infinito”, referiu Luís Meca.

Na oportunidade, foram também apresentados os resultados visíveis de uma vida ativa dos residentes do lar, através de alguns trabalhos criativos realizados por eles.

A equipa do lar, não só presta todos os cuidados aos residentes, como tem como principal objetivo trabalhar para retardar o envelhecimento e promover a renovação diária de cada um.

Barbara-lar-universal

“A família é um bem muito precioso”

“Já estava com muitas saudades deles, há muito tempo que não os via, pois como trabalham muito, nem sempre é fácil virem cá visitar-me.

Mas esta festa criou a oportunidade de os rever, o que faz com que tenha um grande valor para mim.

Pude rever os meus familiares, matar as saudades dos meus filhos e dos meus netos, e sinto uma grande alegria. A família é um bem muito precioso e não existe nada que a possa substituir, por isso temos de valorizar o que temos, enquanto temos.”

Bárbara, residente

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *