Missão de ajudar o próximo foi mais uma vez cumprida

anjosdanoite1O objetivo de apoiar e ajudar os mais necessitados continua a ser o foco do grupo de voluntários Anjos da Noite, que percorre as ruas levando esperança aos outros.

As noites de terça-feira levam à rua dezenas de voluntários do grupo Anjos da Noite, da responsabilidade do Centro de Ajuda, cujo único objetivo é o de levar ajuda aos mais desfavorecidos.

Essa ajuda pode traduzir-se em bens físicos como alimentos ou roupa, mas sobretudo numa ajuda espiritual, levando a todos palavras de conforto, ânimo e de esperança para que nunca desistam de lutar.

anjo-noiteRecentemente, cerca de 30 voluntários vindos da região da Amadora, saíram para as ruas com esse mesmo objetivo, ajudar e apoiar os mais cadenciados.

Na Gare do Oriente, em Lisboa, deram apoio a várias pessoas sem as mínimas condições de subsistência. Para além da distribuição de alimentos, muitos tiveram a oportunidade de ouvir uma palavra motivadora e de incentivo, para não desistirem de procurar uma mudança de vida.

A equipa de voluntários dos Anjos da Noite da região da Amadora, tem criado laços fortes, através das várias visitas que tem realizado naquele local, uma vez que os voluntários se deparam com diferentes histórias de vida, mostrando que existe uma hipótese de superação.

anjosdanoiteMissão cumprida na Cruz de Pau

Também o grupo de voluntários dos Anjos da Noite da região de Cruz de Pau esteve em Lisboa, mais propriamente junto à estação de comboios de Santa Apolónia.

O foco é o mesmo, o de dar alento aos menos favorecidos, pessoas abandonadas, desprezadas pela maioria da sociedade.

Também este grupo, além de entregar alimentos, teve a oportunidade de ouvir atentamente os desabafos de quem não tinha, até àquele momento, quem os ouvisse.

A pobreza física e espiritual existe em qualquer segmento da sociedade, mas a população sem-abrigo é mais vulnerável. Por isso, os voluntários dos Anjos da Noite estendem a mão àqueles que mais precisam e oferecem aquilo que um dia receberam: vida, alegria e ânimo para lutar. O facto de poderem ajudar o próximo, faz com que realizem esta tarefa, semanalmente, com uma genuína satisfação.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *