Não seja como Ló

visitaMissionaria-bpRandalBritoEm visita missionária a Portugal, o Bispo Randal Brito alertou para a necessidade de o cristão não se apartar de Abraão

Após ter realizado duas reuniões, uma no Templo Maior em Lisboa (segunda-feira, 4 de julho) e outra no Cenáculo do Porto (terça-feira dia 5 de julho), o Bispo Randal regressou ao Templo Maior, na passada quarta-feira (dia 6 de julho), onde, pelas 20 horas, falou sobre a importância de escutarmos, respeitarmos e obedecermos à Palavra de Deus.

“E houve contenda entre os pastores do gado de Abrão e os pastores do gado de Ló (…) E disso Abrão a Ló: Ora, não haja contenda entre mim e ti (…) porque somos irmãos. Não está toda a terra diante de ti? Eia, pois, aparta-te de mim; e se escolheres a esquerda, irei para a direita (…) Então Ló escolheu para si toda a campina do Jordão (…) e apartaram-se um do outro”.

(Génesis 13.7-11)

Partindo do exemplo de Ló, o orador enfatizou o facto de este, quando foi testado, ter decidido apartar-se de Abrão, que foi como um pai para ele, escolhendo assim apartar-se também da bênção divina que recaía sobre Abrão.

“E ao amanhecer os anjos apertaram com Ló, dizendo: Levanta-te, toma tua mulher e tuas duas filhas (…) para que não pereças na injustiça desta cidade. Ele, porém, demorava-se, e aqueles homens lhe pegaram pela mão (…) e puseram-no fora da cidade (…) escapa lá para o monte, para que não pereças. E Ló disse-lhe: Ora, não, meu Senhor!”.

(Génesis 19.15-18)

bpRandal-TemploMaiorMesmo quando Deus enviou dois anjos para o salvar e à sua família, Ló resistiu, não querendo abandonar a cidade e os seus bens. Ao ser tirado à força da cidade e ao ser-lhe recomendado que corresse para o monte, Ló recusou seguir o que Deus lhe estava a ordenar, através do anjo.

Mas quem recusa dar ouvidos a Deus, decide apartar-se de Abraão e não colocar a sua vida no monte (Altar=lugar de Sacrifício), está a escolher ser um Ló dos dias de hoje!

“Você não pode colocar a sua Salvação em risco por nada, nem por ninguém! Não retire a sua vida do Altar, pois isso é loucura. Não seja uma virgem néscia, mas esteja sempre preparado para receber o Senhor Jesus”, recomendou o orador.

Quinta-feira, 07 de julho, CdA Império – Lisboa:

Quarta-feira, 06 de julho, Templo Maior – Lisboa:

Terça-feira, 05 de julho, Cenáculo do Porto:

Segunda-feira, 04 de julho, Templo Maior – Lisboa:

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *