O Pastor e Bispo da sua alma é Jesus?

PrincipalA vigília intitulada “Bispo da minha alma”, decorreu no Templo Maior, e contou com a participação de milhares de pessoas, que não quiserem deixar de entender o papel do verdadeiro Bispo, nas suas vidas.

São vários os acontecimentos na vida de uma pessoa, que a levam a pensar que tudo o que tinha de pior para acontecer, já aconteceu. Mas este pensamento é incorreto, pois o pior seria a morte, uma vez que caso tivesse morrido há meses atrás, de certo já não teria a oportunidade de salvar a sua alma.

“O pior problema é morrer no erro, e condenar a sua alma, por toda a eternidade”, esclareceu o bispo Júlio Freitas, orador da vigília.

Aquele que quer ser maior, que sirva ao menor “Fácil é servir alguém bom e justo, difícil é servir alguém mau e perverso”, palavras do orador, que elucida todos os presentes sobre a capacidade de dar o seu melhor, perante as diferentes situações e pessoas a quem se disponham a servir.

Tudo o que faz como cidadão, que desempenha um papel ativo na sociedade, é um reflexo de uma oferta, seja ela boa ou má, por vontade própria ou contrariado. Perante a qualidade da sua oferta, a sua recompensa irá igualar a mesma mas, na verdade, é a sua consciência perante Deus que importa, mais do que o julgamento de outrem, pois o que faz aos outros, não pode acusar a sua consciência diante de Deus.

“Não espere uma recompensa, não queira ouvir um obrigado”, sublinha o bispo a todos os presentes. Se aguarda pela recompensa poderá errar e querer culpar os outros pelo seu erro, mas não vale a pena, pois irá receber consoante aquilo que oferece, visto que quando aguarda a recompensa em Deus, Ele surpreende-o.

“Servos, sede submissos, com todo o temor ao vosso senhor, não somente se for bom e cordato, mas também ao perverso; porque isto é grato, que alguém suporte tristezas, sofrendo injustamente, por motivo de sua consciência para com Deus”.

(1Pedro 2.18-19)

19-4O Bispo da sua alma traz a disciplina

“Porque estáveis desgarrados como ovelha; para porém, vos convertestes ao Pastor e Bispo da vossa alma”.

(1Pedro 2.25)

“O Pastor e Bispo da nossa alma, é Jesus”, explica o bispo Júlio Freitas.

Primeiramente, é apresentado o Jesus Pastor, Aquele que cura, liberta, apascenta-nos e cuida de nós. Em seguida, conhece-se o Jesus Bispo, Aquele que traz a disciplina, que exorta, que tem como objetivo manter a ordem, pois o Jesus Bispo, “não quer que sejamos beneficiados apenas aqui na Terra, mas sim por toda a eternidade”.

A muitos, não lhe agrada o Jesus Bispo, pois perante as exortações e a disciplina, preferem seguir outro caminho, perdendo a oportunidade de ter a Jesus, como Pastor e Bispo da sua alma.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *