Passado é passado!

21037292261_4728786a3e_zPor meio do pão e do cálice, vidas são renovadas e a Salvação alcançada

No último domingo, dia 30, em todos os Centros de Ajuda, foi realizada a cerimónia mais importante da Igreja do Senhor Jesus: a Santa Ceia.
Na noite em que foi traído, Cristo reuniu os Discípulos e realizou esta cerimónia, tal como mostra o Texto Sagrado:

“Enquanto comiam, Jesus tomou um pão, e, abençoando-o, o partiu, e o deu aos discípulos, dizendo: Tomai, comei; isto é o Meu Corpo. A seguir, tomou um cálice e, tendo dado graças, o deu aos discípulos, dizendo: Bebei dele todos; porque isto é o Meu Sangue, o sangue da [nova] aliança, derramado em favor de muitos, para remissão de pecados.”

Mateus 26.26-28

O pão e o cálice representam o Corpo e o Sangue de Jesus e todos os novos convertidos participam na cerimónia para estabelecerem uma aliança com Deus, livre do pecado. Os cristãos, que já mantêm um compromisso com Deus, aproveitam a Santa Ceia para renovarem os votos feitos, edificarem a vida espiritual e alicerçarem a comunhão com o Espírito Santo.
“Muitas pessoas querem resolver os problemas do lado de fora, mas esquecem-se que para os resolver, primeiro têm que estar bem no seu interior. Quem pode participar da Santa Ceia? Todos os que estão determinados a deixar a velha vida, a reconhecer e a confessar os seus pecados a Jesus. Ele não fez e não faz exceção de pessoas, agora, cabe a você determinar que ao participar desta Santa Ceia, a partir de hoje, a velha vida de vícios (drogas, tabaco), de prostituição, de violência, de religiosidade, de sectarismo, de espiritismo… tudo isso, vai ficar para trás. E se guarda mágoa de uma pessoa que lhe feriu profundamente, você vai perdoá-la e vai ser perdoada; e se num ato de desespero fez um pacto de sangue com satanás, envolveu-se com o ocultismo, com a magia branca, com o satanismo, com a magia negra, não importa, o sangue de Jesus, representando por este suco de uva, vai lavar você”, afirmou o Bispo Júlio Freitas, que ministrou a reunião de domingo, no Templo Maior, em Lisboa.

A alma, é o maior património de uma pessoa, por isso, o indivíduo deve preocupar-se em ter a sua alma lavada pelo Sangue de Jesus, visto que é com ela que nos apresentaremos diante de Deus.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *