Vigília da Jornada Feliz

O encontro foi realizado pelo Bispo Edir Macedo, na sede do CdA na Europa, em Lisboa, e reuniu milhares de pessoas

IMG_8563

A Vigília da Virada realizada na sede do CdA na Europa, em Lisboa, teve o seu inicio às 22 horas do dia 31 de dezembro. Milhares de pessoas buscaram a direção de Deus para 2015, já que o débito espiritual só pode ser acertado com Deus. Ninguém pode ter os seus pecados cancelados senão chegar no Altar de Deus e entregar-se de corpo, alma e espírito, e com arrependimento e humilhação tornar-se para Deus. Confessando os seus pecados e abandonando-os mediatamente. Está escrito que “o que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia” (Provérbios 28.13). E assim entrar o ano novo com uma vida nova!

O encontro foi ministrado pelo Bispo Edir Macedo, que falou sobre a Fé que realmente traz resultados para a vida das pessoas. “A Fé-Inteligente não funciona na base da emoção, dos sentimentos. Ela é prática, racional e conduz à obediência. A fé religiosa não tem nada a ver com a Fé-Inteligente. A fé religiosa, a pessoa pratica uma determinada religião e parece que está bem com Deus, mas a vida não muda, porque essa fé é emotiva. A fé sujeita aos sentimentos é volúvel e não traz nenhum benefício. Deus não trabalha com esse tipo de fé, Ele odeie esse tipo de fé, porque essa não paga o preço para seguir Jesus. Não há um compromisso, um envolvimento sério, uma honra à palavra empenhada, tudo é na base da emoção, do sentimento. A Fé que agrada a Deus é a Fé obediente, que assume um compromisso”, ensinou o Bispo.

Destacando ainda que outra característica importante naqueles que possuem essa qualidade de Fé é a capacidade de perdoar aos que tanto lhe querem mal. “Você crê em Jesus, tem uma Fé enorme em Jesus, mas se não é capaz de perdoar a pessoa que lhe ofendeu, então, a sua Fé não vale nada, nada. Você vai para o inferno com toda a sua Fé, porque não é uma Fé comprometida com a Verdade. A Fé da pessoa depende da sua boa consciência”, afirmou.

E para aqueles que estavam a viver uma Fé aquém da esperada por Deus foi feita uma oração diante do Altar, para quem queria passar a ter uma Fé comprometida, inteligente.
No término do encontro, os minutos que antecederam o novo ano foram vividos com a celebração da Santa Ceia.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *