Visitas missionárias

20160110_105426(0)O nosso lado “selvagem” deve ser dominado diariamente

O Centro de Ajuda de Leiria recebeu a visita do bispo Carlos Rocha. Os membros puderam presenciar milagres na hora, ao tocar no manto e conhecer a importância de ter o domínio próprio.

Redação

20160110_095445A reunião contou com a presença de centenas de pessoas, que tiveram a oportunidade de tocar no manto sagrado, apresentado pelo bispo Carlos Rocha, com o intuito de levar a cura e a libertação àqueles que tocaram crendo no milagre.
Foram várias as pessoas curadas na hora, de dores físicas, mau estar, dores de cabeça constantes, que impossibilitavam de ter uma vida normal.
“Há coisas que só podemos ver ou saber, com o passar dos dias, pois perante os nossos pedidos imediatos, não temos como comprovar a sua realização, mas há outras que podemos comprovar e testificar agora”, salienta o bispo.

O partir do pão pela família

20160110_105358Na ocasião, foi também apresentado o pão e abençoado, para que a família de cada um, ao alimentar-se do mesmo pudesse ser livre de tudo que a oprime.
São várias as famílias que atualmente vivem na mesma situação e sem encontrar respostas, veem os seus familiares em autodestruição.
“Por isso é importante que persevere e não abra mão daquilo que é importante para Deus”, afirma o bispo.
Por vezes a luta pela família passa a ser cansativa, as constantes deceções levam-no a não acreditar mas, tal como afirma o bispo, é necessário uma perseverança e priorizar o que é mais importante para Deus, para que o importante para si seja acrescentado.

20160110_105248O domínio próprio como prioridade

Hoje em dia, as pessoas vivem como se Jesus não fosse voltar, vivem um dia de cada vez sem aguardar pelo regresso de Jesus, pois não acreditam no mesmo.

“Um dos graves problemas da maioria das pessoas, é que estes vivem como se Jesus não fosse voltar e por isso não se preocupam com a salvação. Não guardam o seu coração, entregam-se facilmente aos maus pensamentos, as mágoas, mesmo tendo consciência de que é um ato errado”, explica o bispo Carlos Rocha.
Mas é necessário lutar pelo mais importante e, ao alcançá-Lo, todos estes sentimentos deverão ser diariamente dominados, pois uma das características daquele que tem o Espírito Santo, é o domínio próprio.
“O nosso eu é selvagem, por isso não é Deus quem domina, somos nós que nos auto-dominamos diariamente, pois ao entregar a nossa vida a Jesus, a nossa vontade e o nosso lado humano mantém-se”, explica o orador.
Por isso, a presença de Deus dentro de si deve ser uma prioridade, pois Deus passará a mostrar os seus erros para ser melhor ao corrigi-los, contrariamente ao diabo, que mostra os seus erros para acusá-lo.

DESTAQUE:
Deus mostra os seus erros para os corrigir, enquanto o diabo os apresenta para acusá-lo

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *