Voluntários do Força Jovem Europa doam vida

doacao-fje

São jovens dispostos a ajudar e conscientes do seu papel social, por isso os membros do Força Jovem deram sangue, por mais uma esperança de vida.

No passado dia 23 de abril, o Centro de Ajuda (CdA) de Almada cedeu um espaço para a realização de uma colheita de sangue, da responsabilidade do Instituto Português do Sangue e da Transplantação (IPST).

Foram várias as pessoas, membros do CdA e integrantes do grupo Força Jovem que reconheceram a importância da sua atitude e deram mais do que uma gota de sangue, deram vida para àqueles que atualmente não a têm vivido.

É uma iniciativa que se repete várias vezes por ano em todos os Centros de Ajuda e que completa o sentido do dar bíblico. Na prática, através desta doação de sangue e de outras ações levadas a cabo pelos voluntários, estes têm a possibilidade de estender a mão ao próximo.

doacao-sangue2-fjeSer dador

Todos aqueles que reúnem as condições necessárias para doar sangue, podem ser dadores, por isso não ter medo e visar apenas o foco de ajudar de forma segura, deve ser um dos principais objetivos.

Muitas vezes desconhecemos a necessidade de milhares de pessoas que precisam de um transplante para continuarem a viver ou melhorarem a sua qualidade de vida. A lista de espera continua a aumentar mas o aumento do número de dadores não é equivalente, segundo o IPST.

Se, no entanto, apesar de ter vontade de o fazer, não reúne todos os requisitos para o ser, pode sempre incentivar outros a fazê-lo.

Esta é a atitude do Centro de Ajuda e do Força Jovem, que ao levar este trabalho até às pessoas, dando-lhes a possibilidade de dar sangue, num local onde se sentem confortáveis, despertam o interesse para esta prática que passa a tornar-se parte da vida dos mesmos.

A doação é, sem dúvida, um dos gestos mais altruístas entre os seres humanos.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

1 comentário

Carla Varela - FJ Miratejo(Almada) Responder 4 Maio, 2016 às 23:02

No Força Jovem aprendemos a dar, ainda que não venhamos a receber algo em troca porque o facto de saber que alguém está a ser ajudado e é grato por um gesto nosso ainda que não nos conheça é a melhor recompensa 😀