Porquê perdoar?

Basta um olhar… uma palavra mal recebida… uma antipatia provocada por um mal entendido para o coração humano ficar sujo, magoado, rancoroso… e tornar-se o primeiro obstáculo para Deus não aceitar qualquer oferta que provenha de si

Realizada a partir do Centro de Ajuda do Porto, a reunião do recente domingo, às 9h30, teve a particularidade de ter sido difundida do Porto para diversos CdA em Lisboa, nomeadamente para a Sede Internacional da Europa, em Chelas, e para o CdA localizado na Alameda.

“O Altar representa Deus e a oferta, no Altar, representa cada um dos ofertantes. No plano espiritual, tudo tem um simbolismo, uma representação, pois Deus é Espírito e nenhum de nós consegue vê-Lo. Por isso, através de objetos simples, Ele é representado. Por exemplo, a Cruz simboliza a nossa redenção; o pão, simboliza o Corpo de Jesus; o vinho simboliza o Sangue de Jesus; o azeite, o fogo e a água simbolizam o Espírito Santo!” – começou por explicar o Bp. Macedo aos milhares que o escutavam naquela manhã especial.

Todavia, o Bispo centrou-se no simbolismo, na extensão do papel da oferta na vida de cada cristão. “A oferta simboliza o ofertante. Mas onde é que ela é depositada? No Altar… e porquê no Altar? Porque este simboliza Deus!” – referiu, realizando, em seguida, uma oração de entrega da vida de todos a Deus.

Voltando-se para os mais idosos, o orador tornou a referir o papel do coração humano no passado, presente e futuro de cada pessoa, deixando claro que muitas pessoas idosas sentem-se tristes, magoadas até, devido à ingratidão dos filhos, a quem dedicaram a vida, mas que os abandonaram. “Deus promete dar-nos um novo coração, quando recebemos o Espírito Santo. O coração mau é removido e um novo é colocado, transplantado por Deus!” – disse, estabelecendo uma analogia entre a ingratidão de muitos filhos para com os seus pais e de muitos seres humanos para com Deus!

“Não é pelos nossos méritos que somos abençoados, todavia, temos que apresentar as ‘condições’ necessárias para que isso aconteça! A fé é uma delas e é imprescindível! – Mas, para além disso, o Bispo ainda referiu o perdão, um coração limpo, livre de mágoas e rancores, como requisito primordial, pois, nem sequer a nossa oferta é aceite por Deus, caso o nosso interior não esteja limpo, livre de toda e qualquer ofensa contra o nosso próximo!

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *