Resposta urgente!

Quem vai parar às Urgências? Habitualmente, quem necessita de um tratamento urgente, quem não pode esperar nem mais 1 minuto, pois, desse curto espaço de tempo depende a sua vida…

Muitos esperam, na expectativa de que a situação vá melhorar, pois confiam, aguardam, porém, quando se está em estado crítico, não basta aguardar e ter esperança que melhores dias virão, é necessário agir! E foi sempre com esta orientação que o Bp. Júlio Freitas se adereçou às pessoas que o escutavam na manhã de domingo, o último dia do primeiro semestre de 2013.

“O que é que você não pode continuar a arrastar consigo para o segundo semestre deste ano e que já tem vindo a arrastar desde o início ou desde há muitos anos atrás?”, questionou o bispo, alertando os presentes que bastaria uma decisão deles para mudar toda a situação que têm vivido.

“Sabe como será o final do segundo semestre? Pior que o primeiro para a maioria… e porquê? Porque a maioria não chama para si a responsabilidade, não assume a sua fé, não se revolta, apenas fica à espera por tempo indeterminado, à espera que a situação melhore… mas ter confiança em Deus, orar ou ter fé que a situação melhore nada mais é que a nossa obrigação, o nosso dever é FAZER ALGO MAIS! O último dia deste primeiro semestre também pode ser o último dia da acomodação, do medo, das mágoas, do orgulho, da infidelidade, da inconstância, da insegurança, da indefinição…” – revelou o bispo a raiz, a origem dos problemas na vida de muitos.

Sem rodeios, o bispo deixou patente que a nossa vida aqui na Terra está a glorificar ou a Deus ou ao diabo, e, para que seja a primeira opção, temos que trabalhar para isso, chamando a atenção de Deus de uma forma inquestionável!

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *