Noticia

Um conselho infalível para o sucesso


foto.690x460
A empresária europeia Luisa Alcaçarenho (foto) é co-fundadora do InBiz, uma empresa portuguesa que atua na área de consultoria, networking, escritórios virtuais e físicos. Segundo ela, a empresa disponibiliza desde espaços para reuniões e postos de trabalho partilhados a escritórios isolados com chave na mão. “O InBiz assumiu, desde a sua criação, a responsabilidade de ser ‘um parceiro para o seu negócio’”, destaca Luisa. Recentemente, ela ganhou destaque na mídia portuguesa e concedeu uma entrevista à revista mensal “Pontos de Vista”, voltada para o público empresarial (leia a entrevista na íntegra aqui). Ela falou sobre seu projeto de negócio e das novas vertentes empresariais em Portugal, além da perspectiva de futuro para a sua área de atuação.

Para a empresária, o InBiz representa “uma realização pessoal e uma forma de crescer profissionalmente”. Desde jovem, ela já planejava ter uma carreira profissional que a realizasse. Por isso, decidiu se graduar em gestão de recursos humanos e em contabilidade. A segunda graduação (em contabilidade) aconteceu de maneira “extraordinária”, como a própria Luisa gosta de dizer, pois, quando se inscreveu para o curso, teve a matrícula negada. “A única opção que me restava era inscrever-me numa faculdade particular, em que o curso custava caro, e não era a faculdade que eu queria. Então, usei a fé e contestei o indeferimento. Ao final daquele ano, recebi uma carta em casa para me dirigir à faculdade e fazer a minha matrícula.”

Parceria com Deus

foto2.690x460Luisa conta que aprendeu sobre a importância de ter comunhão com Deus desde criança, algo que considera um privilégio para a sua vida, porque contribuiu para que desenvolvesse um caráter íntegro. “Isso me dá tranquilidade e paz, mesmo que, às vezes, pareça que o mundo cai sobre nós. Eu posso enumerar muitas bênçãos que, ao longo de 24 anos, obtive por intermédio da fé e do sacrifício, mas a maior delas foi mesmo conhecer o Verdadeiro Deus e ter a Sua presença na minha vida”, enfatiza a empresária.

Luisa observa que essa parceria com Deus permitiu que muitas portas se abrissem em sua vida, colaborando com seu sucesso profissional. No início da carreira, por exemplo, ela fez um estágio em uma empresa que não tinha a política de efetivar estagiários, entretanto, depois de 2 meses, ela foi convidada para compor a equipe de funcionários. Posteriormente, ingressou em um projeto na área farmacêutica e, na nova empresa, chegou à direção financeira e à direção geral.

O poder que nos afasta de Deus

Mas, embora fosse um cargo que provesse estabilidade e conforto material, Luisa precisava dedicar muito tempo para atender as suas responsabilidades. “Em uma dada altura, eu trabalhava tantas horas que comecei a sentir que o meu foco principal era o trabalho, e isso prejudicava a minha comunhão com Deus. Então, o meu sacrifício foi deixar o trabalho em que eu me sentia segura e realizada e ficar na dependência de Deus. Foi então que iniciei o projeto de contabilidade, gestão e auditoria e, recentemente, o de um centro de escritórios. Mesmo em tempos de crise, há clientes novos todos os meses”, ressalta Luisa.

A empresária também alerta sobre o que ocorre no mundo empresarial: ”O poder do dinheiro e da posição enchem o ego dos empresários, que, por isso, deixam Deus de lado. O meu objetivo é poder mostrar que só Deus preenche o vazio e nos dá paz e felicidade.”

Você é seu maior investimento

pastormanuel.690x460Para o orador Manuel Teixeira (foto abaixo), que realiza o projeto mensal do Encontro Empresarial de Lisboa, Portugal, encontro frequentado por Luisa, o maior investimento que um empresário de sucesso pode fazer, é nele próprio. “Todo empresário deseja o reconhecimento pelo seu trabalho, pois é algo que traz satisfação pessoal, profissional e aumenta a autoestima, além de trazer conforto material. Entretanto, não é fácil chegar ao patamar do reconhecimento sem que se tenha uma base sólida e estruturada. Algo que falta em muitos empresários, que acabam ofuscados com o desejo de apenas ganhar dinheiro”, observa o orador.

Segundo ele, é importante que o empresário tenha a consciência de que a riqueza é um dom de Deus. Porém, para que Deus coloque a prosperidade nas mãos de uma pessoa, é preciso, primeiro, que ela coloque toda a sua vida nas mãos do Senhor Jesus. “Na atualidade econômica, vemos empresas prósperas, que cresceram assustadoramente, e que, por não estarem no altar do sacrifício, pereceram numa queda vertiginosa. O dinheiro jamais pode ser a sua prioridade. Seu compromisso com o sucesso tem que ter fundamento no investimento espiritual, ou seja, ter o mais importante que um homem pode alcançar: o Espírito Santo. É Ele quem inspira, dirige, nos fortalece nas horas difíceis.”

Aprenda mais sobre esse tema.

 Participe nas Conquistas Financeiras – Segundas-Feiras às 20h (também às 7h, 10h, 12h e 15h).

 

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *