Noticia

Você tem medo do “Mau Olhado” ?

inveja

Muitas pessoas pensam que para serem vítimas de inveja é preciso terem uma boa condição financeira ou uma vida que suscite o interesse de outros…

“Mas eu não tenho nada??!!…”, dizem incrédulos aqueles que viram as suas vidas piorarem drasticamente, mas que não acreditam na possibilidade de terem sido vítimas de um trabalho de inveja.

Desde a condição financeira, à casa onde a pessoa mora, às roupas que usa, ao meio onde circula, ao marido, à mulher, aos filhos, à beleza, ao físico… absolutamente tudo pode ser motivo de inveja, ainda que para o próprio visado não faça qualquer sentido. Mas, quais os efeitos práticos deste malefício na vidas das pessoas?

Dizem que “a inveja mata!” e existem casos em que este sentimento, esta vontade de possuir ou destruir o que o outro tem, é tão exacerbado que o invejoso chega a desejar, senão a agir para que o alvo da sua inveja sofra danos físicos ou até morra.

E neste âmbito, qualquer pessoa pode-se tornar um potencial invejoso, mesmo aquela que você acredita ser a sua maior “amiga”. Este foi o caso de uma jovem indonésia Wyan Mirna Salihim, de 27 anos, que foi assassinada pela sua amiga Jessica Wongso, por achar esta “feliz demais”, sentindo inveja da mesma.

No seu blogue, a escritora Cristiane Cardoso explica que a inveja nasce quando uma pessoa olha para outra e sente-se incapaz, insegura e inferior. “Engana-se quem pensa que é um simples sentimento”, alerta.

A INVEJA NA BÍBLIA. Na própria Palavra de Deus encontramos exemplos de como a inveja não só é tão antiga como o ser humano, como é destrutiva na sua forma mais crua.

José teve uma história de vida conturbada e difícil, precisamente porque os seus irmãos invejaram-no e agiram sobre essa mesma inveja. Filho preferido de Jacó, José, que era para ser assassinado pelos próprios irmãos, foi vendido como escravo.
O final da história foi feliz para José, mas nem sempre acaba desta maneira, sendo necessário procurar a Proteção Divina para evitar um final repleto de tristeza e dor.

“Qualquer pessoa pode-se tornar um potencial invejoso, mesmo aquela que você acredita ser a sua maior ‘amiga’”

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.


O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *