Noticia

Você tem sido um cristão de verdade?

santificar-se-21-diasProfessar a fé em Cristo e ser considerado um cristão de verdade vai muito além de apenas exprimir lindas palavras e mostrar-se conhecedor da Palavra de Deus.

É preciso portar-se como tal, evitar, acima de tudo, fazer coisas que desagradam ao Altíssimo.

É claro que não há como ser perfeito, até porque, como seres humanos, jamais seremos os mais justos, no entanto, agir de forma íntegra e espelhar-se em Cristo nas atitudes são apenas algumas das obrigações daqueles que se autodenominam tementes a Deus.

O Jejum de Daniel é uma grande oportunidade para aquele que deseja esvaziar-se de tudo que não edifica e envolver-se com as coisas do Alto, buscando como objetivo principal o batismo ou uma renovação com o Espírito Santo. Experimente.

Acompanhe abaixo algumas atitudes que cristãos não devem ter, e se perceber que ainda está a falhar, não culpe-se, porém, não acomode-se: procure mudar. Leia:

  • Julga-se superior a todos por causa da sua fécristao-de-faichada

Então, está errado: não somos melhores pelo fato de crermos no Senhor Jesus, lembre-se: um dia também fomos grandes pecadores.

  • Ser um cristão de fachada

Simplesmente ir à igreja e dizer amém para tudo não quer dizer nada, isso qualquer um faz. O que determina o verdadeiro cristão é fora da igreja, na rua, em casa, no trabalho, no lidar com as pessoas, com o próximo, afinal, de que adianta ficar falando de Deus e não ser honesto, por exemplo, no trabalho, ou mesmo viver de intrigas, fofocas e desejando o mal dos outros? Pense nisso.

  • Achar que orar pelos que necessitam é o suficiente

O que mais podemos fazer para ajudar a quem mais precisa? Orar seria o suficiente? Claro que não, temos de arregaçar as mangas e fazer a nossa parte.

  • Ter uma fé passiva

Um grande problema é achar que Deus fará tudo por nós. Por isso, muitas vezes não tomamos atitudes, vivemos passivamente e nos esquecemos de que na Bíblia está escrito que “a fé sem obras é morta” (leia Tiago 2).

  • parvoices-nas-redes-sociaisAchar-se o melhor nas redes sociais

Ficar publicando parvoíces nas redes sociais tornou-se quase uma mania entre a maioria das pessoas e, infelizmente, até mesmo entre os cristãos. É preciso observar com bastante critério o que temos partilhado, pois apesar de as redes sociais serem importantes, é preciso ter sabedoria para usá-las.

  • Discutir crenças

Se tem uma briga que não devemos comprar é essa: a de ficar discutindo com as pessoas sobre crenças. Criar contendas é um dos maiores problemas ultimamente. Fuja disso. O Senhor Jesus nos orientou a levar a Sua Palavra de forma pacífica e nunca acender rixas. Veja o que a Bíblia diz, no livro de Romanos, capítulo 14, do versículo 1 ao 3:

 

“Ora, quanto ao que está enfermo na fé, recebei-o, não em contendas sobre dúvidas. Porque um crê que de tudo se pode comer, e outro, que é fraco, come legumes. O que come não despreze o que não come; e o que não come, não julgue o que come; porque Deus o recebeu por seu.”

No Centro de Ajuda há reuniões diárias. Caso queira participar, procure um templo mais perto de sua casa. Encontre a morada clicando aqui.

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

1 comentário

António Maria Responder 22 Junho, 2016 às 2:39

Sacrifiquei a minha efectividade de um emprego de excelência e sinto me tão, mas tão livre e leve agora como nunca!!! 🙂